quarta-feira, 2 de março de 2016

Transporte coletivo ocupa 20% do espaço urbano e transporta 70% da população

O presidente executivo da Associação Nacional das Empresas de  Transportes Urbanos (NTU), Otávio Vieira da Cunha Filho, afirmou em  audiência pública na Câmara dos Deputados,  que a subvenção do transporte público pela Contribuição de Intervenção no  Domínio Econômico ( Cide-Combustíveis ) democratiza o uso das vias  públicas.

"O automóvel hoje é um privilegiado na ocupação do espaço urbano: 75%  das vias são ocupadas por eles, mas carrega apenas 20% dos usuários,  enquanto o transporte coletivo, que ocupa 20% do espaço urbano,  transporta 70% da população", destacou Otávio Vieira.
Ele participou de reunião da comissão especial que analisa a Proposta  de Emenda à Constituição (PEC) 159/07 e apensadas . Essa PEC inclui a  comercialização e a importação de biocombustíveis e seus derivados entre  os itens sobre os quais incide a Cide-Combustíveis.
Uma das propostas apensadas, a PEC 179/07 , prevê a destinação da  Cide-Combustíveis ao subsídio de programas de transporte coletivo urbano  para a população de baixa renda em cidades com mais de 50 mil  habitantes.
Segundo o presidente da NTU, a proposta visa "dar prioridade para o  transporte público em detrimento do transporte particular" com os  recursos da Cide. A audiência teve como objetivo discutir justamente o financiamento, por  meio da Cide-Combsutíveis, de programas de subsídio às tarifas de  transporte coletivo para a população de baixa renda.
Com informações: Sindiônibus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados