domingo, 24 de abril de 2016

Bilhete Único Metropolitano de Fortaleza passa a valer em 1º de junho

O Bilhete Único Metropolitano possibilitará que a população de 14 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza utilize o transporte público de forma integrada, com custo reduzido. Ele possibilitará ao passageiro fazer a integração entre os dois sistemas (metropolitano e urbano) no período de três horas. Para cada viagem integrada, a economia para o usuário é de R$ 2, para passagem inteira, e de R$ 1 para meia passagem, debitado no Cartão Bilhete Único Metropolitano.

Para a efetivação do cartão, os interessados devem adquirir uma primeira recarga mínima que irá gerar um crédito a ser utilizado quando o serviço entrar em funcionamento, a partir do dia 1º de junho. Idosos e estudantes continuam com seus benefícios garantidos.

São 14 municípios da Região Metropolitana beneficiados com o subsídio do Bilhete Único Metropolitano: Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Maracanaú, Maranguape, Guaiúba, Pacatuba, Aquiraz, Eusébio, Horizonte, Itaitinga, Pacajus, Chorozinho, Cascavel e Pindoretama.

O passageiro da Região Metropolitana terá até três horas para integrar com o sistema de ônibus de Fortaleza. Na capital, por um período de mais duas horas, o passageiro poderá pegar quantos ônibus precisar, pagando uma passagem integrada.

Na volta, o passageiro pode embarcar em qualquer ônibus de Fortaleza e terá até três horas, contadas de quando usou o cartão no primeiro ônibus do sistema urbano de Fortaleza, para integrar com o ônibus metropolitano.
Os usuários que não precisam realizar a integração com o ônibus de Fortaleza continuarão pagando o valor da tarifa que pagam atualmente. O custo final por viagem é definido a partir da atual tarifa das linhas de ônibus de cada município. Ao se integrar ao transporte metropolitano, o passageiro precisa pagar a diferença entre o valor cheio da sua tarifa metropolitana, menos o que já foi pago.

Por exemplo, para viajar de Caucaia a Fortaleza, o valor da passagem é de R$ 2,85. Ao usar o Bilhete Único Metropolitano, terá um desconto de R$ 2 no momento em que se integrar ao transporte urbano da capital (custo de R$ 0,75). O mesmo critério vale para o passageiro que estiver fazendo o trajeto de volta com o Bilhete Único.


Cadastramento 
O cadastramento e o cartão do Bilhete Único Metropolitano são grátis. A primeira recarga necessária é de R$ 7,20 - no boleto bancário emitido no ato do cadastramento -, que serão usados para pagamento de passagens a partir de 1º de junho. Em 10 dias úteis, após o pagamento do boleto bancário, o passageiro pode retirar o cartão com nome e foto, já que o cartão é pessoal e intransferível.

Para a efetivação do cartão, os interessados devem adquirir uma primeira recarga mínima que irá gerar um crédito a ser utilizado quando o serviço entrar em funcionamento, a partir do dia 1º de junho. Idosos e estudantes continuam com benefícios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados