quinta-feira, 16 de junho de 2016

Terminais de ônibus em Fortaleza têm quase 90% de aprovação

Uma pesquisa realizada pelo Sindicato das Empresas de Ônibus de Fortaleza (Sindiônibus), em parceria com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), revela que 88,9% dos usuários do transporte coletivo da capital cearense avaliam que houve melhorias nos terminais de ônibus. O levantamento foi feito por meio de um questionário aplicado a 1.360 usuários que responderam a perguntas sobre os itens limpeza, conservação, sinalização e controle de filas.

Fortaleza conta com sete terminais, onde são atendidos 1,1 milhão de usuários por dia. Ao todo, 2.106 ônibus embarcam e desembarcam passageiros nesses locais. Recentemente, os sete terminais da cidade passaram por reformas e todos recebem acompanhamento de suas atividades diariamente. O trabalho nos terminais é realizado por uma empresa contratada pela prefeitura da cidade. 

“É importante mencionar que todas as ações desse novo modelo de gestão ainda são recentes, começaram em novembro e, portanto, ainda há muito que fazer. Mas o projeto surpreende por ter recebido um bom índice de aprovação em pouco tempo de funcionamento”, esclarece o presidente da Etufor, Antônio Ferreira. 

Segundo o levantamento, um dos trabalhos mais elogiados pelos usuários foi a limpeza dos banheiros: esse item teve 87,8% de aprovação. Em seguida, vem a iluminação, com 53%, e a organização das filas, com 45,8%. “Falando de um modo popular, em relação aos banheiros, resolvemos arrancar o mal pela raiz. Pias, torneiras e vasos foram trocados por peças novas, sabonetes líquidos foram disponibilizados e, claro, os banheiros são higienizados diariamente”, detalhou Ferreira. 

Na iluminação, houve troca e instalação de lâmpadas. Os terminais também receberam pintura nas paredes e tetos. Foram realizadas outras reformas emergenciais, como implantação de sinalização vertical (faixa de pedestre) e horizontal (placas de sinalização), renovação das grades e filas com faixa direcionadora (a mesma utilizada em fila de bancos) para o embarque de passageiros. 

Para o presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira, a decisão da prefeitura em contratar uma empresa de manutenção mostrou-se imbatível. “A iniciativa privada, com o devido apoio dos órgãos públicos, age com eficácia e muita facilidade em termos de gestão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados