sexta-feira, 29 de julho de 2016

Empresa Redenção, e o primeiro ônibus rodoviário do Ceará

Por Fortalbus
Esse ônibus fazia a linha Fortaleza-Redenção, diariamente com um horário, com tempo de duração de viagem de três horas. Trafegava somente no verão, do mês de julho até quando, no inverno, o Rio Guaiuba impedia a passagem de veículos. Entre cinco e seis meses, período invernoso, o ônibus ficava na garagem para alguns reparos e conservação.

O veículo ostentava os seguintes detalhes; A carroceria era da marca, Ford V-8 ano: 1936 motor: 8 cilindros, força 85 HP, 12 volts. chassis: sem cabine próprio para ônibus com suspensão traseira por baixo do eixo os freios de varão auxiliado à vácuo. carroceria: de luxo para 36 passageiros e mais seis suplementos, perfazendo 42 passageiros sentados equipado com rádio. 

Vale ressaltar que após o inverno, o Sr. José Guilherme providenciava, por conta própria, reparos na estrada, para logo após reiniciar a linha Redenção-Fortaleza. Durante 11 anos, o Sr. José Guilherme, fundador da Empresa Redenção, funcionou como proprietário, motorista e cobrador da linha Redenção-Fortaleza, e tão pontual que os moradores de Mondubim acertavam sus relógios pela passagem do ônibus de Redenção. 

Nos anos de 1944 a 1946, época da Segunda Guerra Mundial, tendo em vista o grande racionamento de combustível, José Guilherme se viu obrigado a colocar Gasogênio, isto é, aparelho que produzia gás combustível do carvão, adaptado na parte trazeira do ônibus, para romper mais dois anos, com muito sacrifício e muita luta não interrompendo os horários da linha Redenção - Fortaleza. 

Em 1948, com a entrada do seu irmão Ludgero Guilherme Costa (já falecido), a Empresa Redenção prolongou-se até Baturité, posteriormente Caio Prado e Quixadá (1952), Quixeramobim e Senador Pompeu, pela rodovia à margem da estrada de ferro e mais várias cidades do interior. Quem andou no Ford 36 do inicio até o fim da Segunda Guerra Mundial, na linha Redenção-Fortaleza, percebeu que a Empresa Redenção ia mesmo vencer. E venceu.

Um comentário:

  1. Muito interessante essa história da Emp Redenção,que cresçeu.muitissimo. e operou por mts anos.

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados