terça-feira, 27 de setembro de 2016

O processo de modernização do serviço Top Bus Jardineira

Por Fortalbus
O serviço Top Bus foi criado na década de 1990, através de uma iniciativa da Empresa Guanabara. Na época, eram veículos longos, incompatíveis com os deslocamentos na área central da Cidade, onde as ruas são estreitas e os engarrafamentos acontecem a todo momento durante todo o dia. Desde 2000, o sistema vem sendo explorado pela Via Urbana, também ligada ao Grupo Guanabara.


Na gestão da Via Urbana, a empresa introduziu veículos menores e utilizando o título de Jardineiras, em referência ao serviço que existe desde 1986, por iniciativa da então prefeita Maria Luiza Fontenele. Para garantir a rentabilidade do serviço seletivo oferecido pelo Top Bus Jardineira, que conta com itens de conforto como ar-condicionado e poltronas acolchoadas, é cobrada o mesmo valor da tarifa única de R$ 2,75, não sendo aceito benefícios como meia passagem, Bilhete Único e gratuidades.

A linha numero 5 foi inaugurada em junho de 1999, tratava-se do Top Tour, uma linha diferenciada que ligava os principais pontos turísticos de Fortaleza. O circuito tinha 22 quilômetros de extensão e duração de uma hora. Seis microônibus, equipados com ar condicionado e TV, circulavam diariamente das sete da manhã às 21h. O marco inicial era a Avenida Beira Mar, defronte ao Náutico Atlético Cearense.
Extinta linha 3 - North Shopping-Iguatemi
Além da orla, o passeio ligava pontos de atração turística como o Centro Cultural Dragão do Mar, o Estoril, o Forte de Nossa Senhora da Assunção, Catedral Metropolitana, Palácio do Bispo, Passeio Público, Centro de Turismo, Teatro José de Alencar, Igreja do Rosário, Museu do Ceará, Palacete Ceará, Coluna da Hora, Cine São Luís e outros. A princípio, a linha 5 funcionaria em caráter experimental por apenas 180 dias.

Cada vez mais, o Top Bus caia no gosto da população, e em 2000, a linha do Iguatemi foi expandida até o North Shopping. Já existia um estudo da Ettusa para a expansão da rede Top Bus para outros pontos da cidade.

Por outro lado, a linha 4 - Aeroporto-Beira Mar, já operava com micro-ônibus devido a pouca demanda de passageiros. A passagem para o aeroporto custava R$ 1,80, com tarifa promocional de R$ 1,00. A Guanabara decide desativar a linha em janeiro de 2001, pois após a inauguração do novo aeroporto, o itinerário improvisado passou a prejudicar a viabilidade da linha.

A linha de maior sucesso do Top Bus foi criada em janeiro de 2001. Saindo do Centro e passando pela Beira Mar, a linha Caça e Pesca, antes de propriedade da extinta Empresa Iracema, começou a circular com sete carros e tarifa promocional de R$ 1,00.

O serviço já alcançava a marca de 6 mil passageiros por dia, bem diferente dos 500 transportados no começo. Com a linha Caça e Pesca-Centro-Beira Mar, o Top Bus ganhou mais características urbanas, ainda mais quando a Expresso Guanabara decidiu transferir o serviço para a Viação Urbana, empresa do mesmo grupo empresarial.

Mais tarde, os micro-ônibus do Top Bus ganharam uma identidade visual própria, uma pintura com elementos que lembram as antigas “Jardineiras”, primeiros veículos da linha que circulavam pela orla de Fortaleza.
Modelo Spectrum - 2006
No ano de 2006, chegam os primeiros Midis da frota, também conhecidos como “micrões”, eram do modelo Neobus Spectrum. Com maior capacidade de lotação, tinham características semi-urbanas, pois eram equipados com duas portas. No ano seguinte, mais unidades foram incorporadas à frota, porém, do modelo Marcopolo Senior Midi.

Enquanto a linha 49 - Caça e Pesca/Beira Mar sempre teve a mesma tarifa dos ônibus convencionais, sem meia-passagem, a linha 17 - Aldeota-Centro-Iguatemi, única que ainda atende a região da Aldeota, mantém operando com tarifa diferenciada.
Modelo Senior Midi - 2007
Na renovação de 2010, a Viação Urbana opta novamente pela carroceria Neobus, desta vez, os veículos vêm equipados com elevadores para cadeirantes. Após a desativação dos últimos micros modelo Busscar, a frota ficou padronizada com “micrões” de duas portas.
Modelo Spectrum City com elevador na porta traseira - 2010
A linha Caça e Pesca/Centro (Beira Mar) é a mais utilizada, funciona de segunda a sábado com tarifa de R$ 2,00 e aos domingos por apenas R$ 1,40. Já a Iguatemi-Centro custa R$ 3,00.

Em 22 anos de operações, o Top Bus adaptou-se por necessidade aos costumes dos fortalezenses, que em partes, não incorporou um hábito ainda mais efetivo de usar um meio alternativo de transporte mais confortável e que favorece a coletividade. Enquanto isso, na contramão da ideologia do Top Bus, os automóveis particulares seguem cada vez mais entupindo as ruas de Fortaleza, um reflexo negativo que afeta a mobilidade urbana e a qualidade de vida nas grandes cidades.
Modelo Micruss - 2007
Atualmente o sistema de transporte executivo em Fortaleza está operando apenas com uma linha, a (017) Inter Shoppings, que transita por vias como Washington Soares, Dom Luís, Desembargador Moreira, Hist. Raimundo Girão, Monsenhor Tabosa, Joaquim Nabuco, Santos Dumont e Eng. Alberto Sá, atendendo os shoppings RioMar, Iguatemi e Via Sul, além das importantes regiões de lojas de rua e edifícios comerciais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados