quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Projeto do Superbus é apresentado na Alemanha

O projeto Superbus, implantado em Londrina, é apresentado em uma conferência de projetos inovadores que está sendo realizada em Stuttgart, na Alemanha. O evento do projeto Morgenstadt (Cidade do Amanhã, em alemão) divulga trabalhos desenvolvidos por cidades inovadoras como exemplos de boas práticas de planejamento e desenvolvimento urbano. Nesta edição serão abordados quatro eixos prioritários: Mobilidade, Lixo Zero, Sustentabilidade e Gestão da Informação.

A definição do conceito do Superbus foi realizada em conjunto com a WRI (World Resources Institute), organização internacional sem fins lucrativos que atua em mais de 50 países e transforma grandes idéias em ações que conectam meio ambiente, oportunidades econômicas e bem-estar humano. A proposta do projeto Superbus destacou Londrina no cenário internacional como um exemplo de política de mobilidade inovadora e moderna, com foco na qualidade do serviço prestado à população.
 
Em junho deste ano, começaram a operar os primeiros veículos do projeto Superbus em Londrina-PR. Até o momento já estão circulando oito veículos, dos quais dois ônibus especiais articulados e seis ônibus convencionais equipados e adequados para oferecer mais conforto e segurança aos passageiros. Todos os carros são adaptados com acessibilidade para pessoas com deficiência e equipados para oferecer mais conforto e segurança aos usuários, sem o aumento na tarifa.

Todos os ônibus possuem suspensão a ar, Wi-Fi grátis, ar condicionado, monitor de TV 14 polegadas para informativos aos usuários, bancos com estofado e encosto para a cabeça, retrovisores elétricos, banco do motorista com volante ajustável em altura e profundidade. O motor, que fica na parte traseira, é considerado um dos menos poluentes do mundo, diminuindo consideravelmente o barulho para os passageiros. Os veículos estão 100% dentro das normas de acessibilidade, com elevadores e capacidade para transportar, simultaneamente, dois cadeirantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados