sábado, 29 de outubro de 2016

Os avanços do transporte coletivo de Fortaleza nos últimos anos

Por Fortalbus
Há poucas horas do segundo turno das eleições municipais, vamos demostrar a evolução do transporte coletivo de Fortaleza. O intuito desta matéria não é mudar a sua decisão diante das urnas, já que citaremos apenas os avanços do sistema de ônibus em Fortaleza. Na decisão deste domingo levaremos em consideração para elegermos nosso próximo prefeito, temas como saúde, educação, transporte, moradia e geração de empregos, que são os principais anseios da população. Mas diante da linguagem do site, iremos abordar só o transporte coletivo nesta matéria.

Os passageiros de ônibus de Fortaleza, hoje em dia, percebem e desfrutam das melhorias no trânsito e transporte da cidade. Cenário este que foi possibilitado devido aos investimentos da atual gestão municipal nas ações ligadas ao transporte público. Ressaltando sempre as vantagens que o fortalezense ganhou com o Bilhete Único, o redesenho do Sistema Complementar, a Reforma e Ampliação dos Terminais de Integração, a implantação do BRT, a implantação de Faixas Exclusivas, o ar condicionado e wi-fi nos veículos. Vamos citar cada um dos avanços neste setor.

Bilhete Único
O Bilhete Único Fortaleza é o modelo de integração que mudou a cara do transporte coletivo de Fortaleza. Com ele é possível pegar quantos ônibus quiser, no período de duas horas, em qualquer sentido, pagando apenas uma passagem ou meia passagem, no caso dos estudantes. Com o Bilhete Único o passageiro fica livre para fazer o embarque e desembarque na parada em que desejar, sem ter a obrigatoriedade de passar por um terminal para fazer a integração. Essa vantagem chegou para reduzir o tempo de viagem, uma vez que o usuário pode fazer a integração em qualquer um dos 5 mil pontos espalhados por Fortaleza.

Layout dos ônibus
Depois de 14 anos com a mesma pintura, o fortalezense a partir de 2014, começou a notar uma nova padronização visual em seu transporte. Foi um importante passo para o processo de melhoria que passaria o transporte coletivo de Fortaleza. Esta pintura foi tão inovador, que foi merecedor do primeiro lugar no Concurso Nacional de Design de Transportes " Maiores e Melhores do Transporte 2015", na categoria Metropolitano de Passageiros.

Faixas exclusivas para ônibus
A implantação das faixas exclusivas de ônibus priorizou o transporte público coletivo, promovendo a equidade no uso do espaço viário. Além disso, o projeto também aumentou a velocidade operacional e a produtividade do transporte público. Fortaleza hoje conta 130 km quilômetros de faixas exclusivas para ônibus, um crescimento de 830% nos últimos anos da gestão do atual prefeito. 

Testes com ônibus Hibrido
A cidade de Fortaleza também operou em fase de teste, um ônibus Hibrido. O veículo combinava motor à diesel e elétrico, funcionando isolada ou simultaneamente e garantindo uma redução de 35% de combustível. O Hibribus circulou na linha (075) Campus do Pici/Unifor durante um mês. Passageiros que utilizaram o veículo perceberam um maior conforto, como a redução do barulho do motor, já que o ônibus híbrido não emite ruído. Infelizmente o projeto não passou de testes, mas provou que a cidade estava evoluindo o seu transporte, sempre pensando no futuro. 

Novo Terminal Antônio Bezerra
Com mais que o dobro do espaço original, o Terminal Antônio Bezerra foi reinaugurado em 2014. Tendo seu espaço físico do terminal ampliado, passando de 12 mil m² para 29 mil m², com um investimento de, aproximadamente, de R$ 21,5 milhões. O equipamento hoje conta com plataformas com piso industrial, cobertura em estrutura metálica e pavimento rígido para circulação de ônibus. Sendo duas plataformas de embarque e desembarque e uma para a Administração, todas com amplas áreas para circulação de passageiros, com estações para receber os ônibus articulados e os convencionais.

Corredor BRT Bezerra de Menezes
O primeiro corredor exclusivo, Antônio Bezerra/ Centro, foi entregue em julho de 2015, com 11 estações junto ao canteiro central da Avenida Bezerra de Menezes. Com extensão de 8,2 km, o corredor liga o novo terminal do Antônio Bezerra ao centro da cidade. A entrada e saída das estações são realizadas pelas rampas que ficam próximas dos abrigos. A sinalização orienta por onde os passageiros devem seguir. As estações possuem ainda sistemas de automação que viabilizam as portas automáticas de maneira sincronizada com a chegada e saída dos veículos.

Ônibus Articulados
Um sonho foi realizado para muitos fortalezense, com a chegada dos primeiros ônibus articulados. Os veículos, com 18 metros de comprimento, tem capacidade para transportar até 180 passageiros, enquanto os ônibus comuns suportam no máximo 80. Todos possuem ar-condicionado. Dentre outros apetrechos, estão ausência de embreagem, banco regulável para o motorista e câmera de ré. As empresas Santa Cecília, Dragão do Mar, Maraponga, Siará Grande, Vega, Viação Fortaleza, Viação São José e Viação Urbana investiram em torno de R$ 7 milhões na aquisição dos ônibus articulados. Diferente dos modelos 'sanfonados' que começaram a circular na capital cearense na década de 90, os novos coletivos do tipo têm câmbio automático, suspensão pneumática, ar condicionado, abertura e fechamento das portas com travamento elétrico.

Ar condicionado nos ônibus
Até 2020, todos os ônibus de Fortaleza terão ar condicionado. Hoje já operam na cidade cerca de 380 ônibus climatizados. Desde o início, a expectativa é que, a cada ano, pelo menos 12,5% da frota possa ser substituída por veículos que possuam esse equipamento de conforto. A iniciativa começou a tomar forma desde que uma pesquisa realizada pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), apontando que 43% dos usuários de transporte público consideram a climatização o principal atributo de conforto. Vale a pena lembra que desde de dezembro de 2014, todo novo veículo adquirido pelas empresas de ônibus já vem com ar condicionado.

Wi-fi nos ônibus e terminais 
O serviço Wi-for, programa de implantação de internet Wi-Fi no interior dos coletivos, contemplou os usuários das linhas de ônibus com maior fluxo e de maior itinerário. Hoje, a frota de ônibus em Fortaleza conta com 70 veículos com Wi-Fi. A previsão é de que 200 veículos contem com o serviço até o final do ano. A internet é liberada para os usuários, a capacidade e a velocidade de acesso é dimensionado através da estimativa de passageiros. Além dos coletivos, os terminais de ônibus como Papicu, Lagoa, Siqueira, Conjunto Ceará, Parangaba, Antônio Bezerra e as estações do Corredor Expresso Fortaleza na Avenida Bezerra de Menezes também contam internet gratuita disponível aos usuários. Podendo os usuários do transporte público utilizar o aplicativo Meu Ônibus, para acompanhar a previsibilidade de chegada do ônibus.

Aplicativo Meu Ônibus
O objetivo do aplicativo “Meu Ônibus”, é oferecer aos usuários do transporte público informações sobre os horários de chegada dos veículos nos pontos de parada. Com o app “Meu Ônibus”, o usuário tem como visualizar a localização do veículo e prever o horário de chegada do ônibus no ponto de parada em tempo real, permitir a programação do tempo de deslocamento ao ponto de parada, reduzir o tempo de espera, encontrar os pontos de parada mais próximos, saber quais linhas de ônibus passam em um ponto e visualizar o itinerário das linhas de ônibus desejadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados