terça-feira, 8 de novembro de 2016

Expresso Guanabara: As versões do confortável Paradiso 1200 Geração 6

Por Fortalbus
A Guanabara se despede de um ícone da sua frota, um modelo que marcou a indústria do ônibus brasileiro durante os anos 2000, a geração 6 Marcopolo. Sucesso absoluto com grande aceitação entre as operadoras do segmento rodoviário, na Expresso Guanabara ele foi quase unanimidade.
Primeiros G6 O-400RSD 14 metros
A geração 6, ou simplesmente G6, firmou a carroçadora Marcopolo como veículo padrão na Expresso Guanabara, permanecendo até hoje com os atuais Geração 7.

A Guanabara foi a primeira empresa do Ceará a recebê-los, quando no ano 2000, renovou sua frota com 30 unidades G6 encarroçados sobre o consagrado chassi O-400RSD. Desde então, foram cerca de 470 unidades G6 incorporadas até o ano de 2008, todos encarroçados sobre chassis Mercedes-Benz O-400 e O-500.
Leito do ano 2000 com o diferencial dos vidros colados e retrovisores alongados 
Durante anos, a Marcopolo desenvolveu um projeto ousado com a missão de dar continuidade à geração já consagrada no mercado e avançar em design, conforto e segurança. Foram redesenhados um milhão e quinhentos mil itens gerados por 185 modelos de carrocerias e 158 modelos de chassis. Para se ter uma idéia da dimensão deste número, um automóvel de luxo tem em média quarenta mil itens.

O Paradiso 1200 foi o modelo adotado pela Expresso Guanabara, veículo que trazia novas linhas externas e internas, com inovação no sistema de sinalização aos espelhos retrovisores, além de novos componentes tecnológicos no painel de comandos Multiplex, com funções digitais ao alcance do motorista.
Primeiros G6 O-400RSE 4x2 em 2003
Além disso, trazia maior altura interna, poltronas redesenhadas, grande área envidraçada, luzes de leitura direcionáveis, bagageiro mais amplo e lavatórios com eliminação total de odor, além de novas poltronas com padrões inovadores de tecidos e revestimentos.

O lançamento da Geração 6 apresentou importantes diferenciais. Além dos inúmeros aspectos da inovação do produto, sua estratégia foi baseada em ações de comunicação e marketing com investimentos de mais de R$ 2 milhões. Durante 50 dias, foram realizados sete eventos nacionais e três internacionais para a apresentação dos veículos.
G6 com pintura teste em 2005, ano dos primeiros Mercedes-Benz  O-500 na frota
Duas equipes da empresa, compostas por técnicos, engenheiros, profissionais de vendas e marketing, percorreram mais de 13 mil quilômetros com os ônibus G6 visitando cerca de 1.000 clientes. Já a campanha publicitária teve como foco 12 revistas especializadas, 15 cadernos automotivos de jornais diários, centenas de pontos de outdoors, além de mídia nas principais revistas semanais e quinzenais.
Um dos G6 trucados de 2005
Se nos primeiros anos a Expresso Guanabara optou pelo G6 na versão 6x2 de 14 metros, a partir de 2003 muda o padrão da frota para veículos 4x2. Os únicos G6 trucados foram adquiridos em 2005, um total de 08 unidades.

Em 2008, ultimo ano que a Guanabara trouxe o Paradiso G6, foram incorporadas 60 unidades Mercedes-Benz O-500RS, distribuídos nas classes Galant, Genesis e Glamour. Hoje, a frota da Expresso Guanabara é padronizada com o mesmo Paradiso 1200, porém, sendo da atual Geração 7 Marcopolo.
Últimas unidades G6 em 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados