terça-feira, 8 de novembro de 2016

O primeiro sistema de transporte coletivo de Fortaleza

O sistema de transporte coletivo de Fortaleza tem seu início em 1875 com o contrato para assentamento dos trilhos do bonde de tração animal que começou a funcionar em 1880 com 4210 metros de linha que foi gerida pela Companhia Ferro-Carril do Ceará. Em 1911 é iniciada as obras da firma The Ceará Tramway Light & Co. Ltd. que adquiriu a antiga companhia. Em 1913 foi inaugurada o bonde elétrico de Fortaleza que foi expandido para vários bairros alcançando 20 km de linhas operando com 53 bondes até 1947 quando foi desativado como forma de priorizar a produção da energia elétrica para o uso particular. 

Também existiram sistemas de bondes na Parangaba e Messejana. O trem que ligava o centro de Fortaleza com Messejana era gerido pela Rede de Viação Cearense e foi desativado em 1931 quando foi inaugurada uma estrada que atualmente é a BR 116. A Parangaba tinha bondes desde 1894 quando foi fundada a "Companhia Ferro Carril de Arronches". A linha da Parangaba fechou em 1918 e não chegou a ser eletrificada funcionando somente com tração animal.

Os primeiros ônibus a circular em Fortaleza eram veículos mistos com cabine de motorista separada da cabine de passageiros e parte posterior com caçamba para transporte de cargas. Começaram a circular na década de 1920. Os primeiros ônibus de grande porte começaram a circular em 1941 e eram veículos da marca GMC com capacidade para 40 passageiros. Em 1966 chegaram em na cidade 3 ônibus elétricos que faziam a linha entre a Parangaba e o Centro de Fortaleza tendo funcionado apenas por três anos por conta de dívidas da prefeitura e são vendidos para prefeitura do estado de São Paulo em 1969.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados