terça-feira, 15 de novembro de 2016

Um ano de Socicam, à frente do gerenciamento e manuteção dos terminais de ônibus urbanos

Por Fortalbus
Os terminais integrados de ônibus em Fortaleza já estão há 1 ano, sob a administração da iniciativa privada, através da Socicam. O objetivo desta medida é ampliar a qualidade dos serviços e reduzir o custo de operação dos sete terminais, por onde transitam diariamente quase 1 milhão de pessoas. A Socicam é responsável por todo o funcionamento dos equipamentos, incluindo portaria, zeladoria, conservação e manutenção, além de promover obras de reforma e padronização. 

Os terminais de Fortaleza foram construídos há mais de 20 anos e nenhuma grande reforma foi feita para a melhoria desses espaços, a única e exclusiva exceção foi o Terminal Antônio Bezerra que recentemente passou por uma grande ampliação, se adequando de fato, as modernidades dos equipamentos. 

Em setembro de 2015, a Prefeitura de Fortaleza lançou uma licitação para o gerenciamento e manutenção dos terminais. Nesta licitação apareceu apenas uma interessada, a Socicam, a mesma companhia que está á frente dos terminais Rodoviários Engenheiro João Thomé, Antônio Bezerra e Messejana. 

A primeira grande medida da Socicam foi observada pelos usuários que transitaram pelos terminais neste domingo, a maior presença dos fiscais atuando na limpeza e orientando aos passageiros, além da remoção dos vendedores ambulantes e pedintes que costumavam ocupar o local. 

Os terminais do Papicu, Siqueira e Parangaba, foram os primeiros a receber intervenções emergenciais como pintura, troca de piso, limpeza e reforma de banheiros, coberturas e sinalização. Os terminais agora tem câmeras, monitores informando a chegada dos ônibus, o mesmo processo disponível através do aplicativo "Meu Ônibus" e uma central de controle das câmeras. Vale lembrar que a Etufor continuou com a função de fiscalização dos serviços das empresas e de ouvindo as demandas dos usuários sobre o transporte coletivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados