quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Guanabara defende fim do ICMS rodoviário, visando reduzir o valor das passagens

Por Fortalbus
A Expresso Guanabara, a maior empresa de ônibus rodoviário do Norte e Nordeste, está mobilizando nas redes sociais a isenção da cobrança do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que deixa a passagem de 8% a 20% mais cara, dependendo da alíquota do Estado. 

A Guanabara, é responsável pelo transporte de passageiros em viagens entre os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Goiás, Distrito Federal, Tocantins, Pará, Maranhão e Piauí, está contribuindo com a divulgação da campanha idealizada pela Abrati.

A Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati) e suas filiadas estão realizando uma campanha de conscientização através de mensagens no rádio, televisão e das redes sociais com a #fimdoicmsrodoviario. A mobilização da comunidade pode ajudar a acabar com a cobrança do imposto e, com isto, tornar mais acessível o preço das passagens nas viagens interestaduais.

O imposto eleva em até 20% o valor da passagem de um dos meios de transporte mais utilizados pela população brasileira: o ônibus. Já os passageiros de avião são livres deste imposto, há 15 anos. Mais de 80% das viagens são feitas através do transporte rodoviário. Seria muito justo que estes passageiros tenham o mesmo direito que os passageiros das viagens aéreas. 

2 comentários:

  1. A Guanabara já ganhou muitas linhas de ônibus a custo zero e agora quer intenção de ICMS? Uma das empresas de ônibus mais ricas e não quer pagar imposto?

    ResponderExcluir
  2. alo galera do fortalbus vocês tem medo da Guanabara? si não pode fazer comentário ENTÃO TIREM ESSA OPCAO

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados