sexta-feira, 17 de março de 2017

A curta passagem da Comil na história da Viação Siará Grande

Por Fortalbus
Atuando no transporte coletivo urbano de Fortaleza com 120 veículos, a Viação Siará Grande faz parte do consórcio Expresso 5 e tem como sua base operacional a região do Conjunto Ceará. Observando sua história que aquisições é possível perceber que a empresa já adquiriu veículos de vários chassis e carrocerias, desde a época da Viação Águia Branca, razão social anterior da Viação Siará Grande, na qual só alteração no nome fantasia.

Entre essas ençarroçadoras ficou registrado a presença da Comil Ônibus, aquisição ocorrida em 1991. Neste ano a então Viação Águia Branca comprava cinco unidades do Comil Svelto, todos com chassis Mercedes-Benz OF-1313 e OF 1318. Os veículos chegaram com os prefixos 14190, 14210, 14220, 14230 e 14240, e eles foram escalados para atender a linha (015) Conjunto Ceará/Bezerra de Menezes, antes da existência dos terminais de integração. 

Os veículos 14190 e 14240, ostentava o chassi Mercedes-Benz OF-1318, já os 14210, 14220 e 14230 era do chassi OF-1313. No inicio de 1993, com a projeção de inauguração do terminal integrado do Conjunto Ceará, a Viação Águia Branca adquiria o modelo Svelto com chassi Scania e três portas com pintura do SIT-FOR, destinado as linhas troncais daquele terminal. Com o atraso no prazo de entrega das obras, o veículo 14300 foi escalado para operar na linha (076) Conjunto Ceará/Aldeota, até que em Setembro de 1993, o terminal foi entregue, e o veículo foi escalado para linha (385) Conjunto Ceará/Centro-Expresso.

O Comil Svelto foi lançado em 1989, substituindo os antigos Cisne e Minuano, modelos derivados ainda da extinta Incasel, adquirida pelo Grupo Comil no ano de 1985. Sua chegada em Fortaleza ocorreu através das empresa Expresso Timbira e Viação Águia Branca, com a transferência da razão social para Viação Siará Grande, os veículos sofreram algumas alterações em suas prefixos, assim como em toda a frota, evitando sempre o número "0" como último algarismo, mas era frequente observar alguns veículos ostentando tal numeral.

Essas quatro unidades representou um importante passo para a Comil no mercado cearense, tanto que nesse período suas vendas foram significativas, principalmente no setor rodoviário. Infelizmente esses veículos foram a única amostra dos produtos Comil na trajetória de frota da Viação Siará Grande, mas nada impede que a empresa adquira novas unidades, basta ver o processo de compra dos últimos anos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados