segunda-feira, 24 de abril de 2017

Empresário de ônibus cearense ganha terreno fértil em Portugal

Por Fortalbus
É evidente o crescimento do empresário Chiquinho Feitosa nos últimos anos no mundo dos transportes. O empresário esta semana se tornou sócio majoritário da Empresa Vimeca em Lisboa. A Vimeca é a segunda maior empresa de ônibus urbana e semi-urbana de Portugal, ficando atrás da Empresa pública Carris.

A Vimeca/Lisboa Transportes até agora tinha o Jacob Barata como principal acionista, fazendo parte do braço português do Grupo Guanabara, tanto que os primeiros ônibus ostentava a pintura pioneira do grupo, com a identidade visual já muito usada pelas empresas N. Sra. da Penha, Normandy e Expresso Guanabara. Ônibus não é o principal seguimento de atuação do grupo em Portugal, existe altos investimentos do empresário Jacob Barata em terras europeias, como hotéis. A Vimeca hoje tem uma frota de 225 ônibus, sendo a empresa responsável pela operação de 83 linhas na grande Lisboa.
    
O empresário Francisco Feitosa, cresceu muito após sua proximidade com os grupos Guanabara e Barraqueiro, mas até então essa aliança tinha resultado bons frutos só aqui no Brasil. Chiquinho Feitosa como é conhecido é proprietário das empresas de ônibus Vega S/A, Vega Manaus, São José Transportes, Viação Princesa dos Inhamuns, Viação Total e Viação Motta, além de pequenas participações acionárias em várias empresas de ônibus do transporte coletivo urbano e metropolitano de Fortaleza. A Vimeca agora se tornou o primeiro braço do grupo em terra além Brasil.

A Vimeca opera no transporte de passageiros desde 1931. Inicialmente a empresa era responsável por uma ligação entre Carnaxide e Algés, no concelho de Oeiras, porém, ao longo dos anos foi estendendo as suas ligações entre outras localidades no concelho de Oeiras, para as deslocações com destino a Lisboa. Nos finais dos anos 70 inicia um conjunto de ligações diretas a Lisboa. Em Setembro de 1995, adquire no processo de privatização da Rodoviária de Lisboa, assumindo a sua atual dimensão operacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados