quinta-feira, 20 de abril de 2017

Sindiônibus contabiliza 16 ônibus queimados e repudia veementemente a prática criminosa

O Sindiônibus repudia veementemente a prática criminosa que provocou o incêndio a 16 ônibus e causou queimaduras em um motorista, nesta quarta-feira, dia 19. Desde 2014 até abril de 2017, foram incendiados 55 veículos.

Os trabalhadores do  transporte e empresários do setor estão aterrorizados diante de tanta violência e da real e verdadeira ameaça à integridade física e à própria vida dos trabalhadores e dos usuários do transporte coletivo.

Diante desses fatos, estamos envidando esforços junto às autoridades do Estado para que possamos ter segurança para restabelecermos o serviço de transporte de passageiros com a total preservação da vida de trabalhadores, usuários e do patrimônio das empresas.

Os dezesseis ônibus atacados foram das empresas Auto Viação Fortaleza, Viação Siará Grande, Vega S/A, Auto Viação Dragão do Mar, Empresa São Benedito, Via Metro e Transnacional.

3 comentários:

  1. Estado sem ordem cade a polícia CADÊ os governos que são valente com a população

    ResponderExcluir
  2. Vivemos as tristes e preocupantes consequências, da omissão das autoridades governamentais. E de uma legislação que favorece muito o criminoso, em detrimento da segurança da sociedade. Por isso, temo que a coisa não vai parar somente nisso.

    ResponderExcluir
  3. Beto isso é o resultado dessa corja omissa que ocupa o poder

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados