quinta-feira, 29 de junho de 2017

Crosley, a carroceria de ônibus cearense que marcou época

A Crosley, de Fortaleza (CE), foi uma das raras fábricas de carrocerias de ônibus a operar no nordeste entre as décadas de 1950 e 1960. A atividade de construção de carrocerias de madeira sobre chassis de caminhão sempre foi tradicional na região, desde os históricos “paus-de-arara”, porém invariavelmente de forma artesanal, e a Crosley parece ter sido a primeira a fabricá-las em aço, com alguma uniformização de projeto e um mínimo de estrutura industrial. 

Iniciando como reformadora de ônibus usados, passou à construção de  carrocerias de madeira e, em torno de 1958, introduziu a estrutura metálica, possivelmente utilizando componentes de encarroçadoras do sudeste (um dos  modelos fabricado em 1959, tem para-brisas e caixas dos faróis idênticos aos dos urbanos da Caio do mesmo ano). 

Esteticamente, o fabricante buscava inspiração no must da época, a Ciferal, ideal de estilo e qualidade em ônibus, evidenciado pela grade frontal aplicada não apenas aos veículos novos como também aos reformados.
Com informações: Lexicar/Fotos: Cepimar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados