segunda-feira, 31 de julho de 2017

As últimas aquisições da TransCrateús para as linhas do intermunicipal cearense

Por Fortalbus
Acompanhando o crescimento e a evolução do transporte intermunicipal de passageiros do Ceará, nos deparamos com algumas mudanças cotidianas que ocorrem num processo de cisão entre as empresas de ônibus. Um desses exemplos ocorreu na história da TransCrateús, a empresa nasceu em 2004 através de uma cisão da Rápido Crateús.

Durante cinco anos, a TransCrateús operou linhas rodoviárias no Ceará ligando Fortaleza para cidades como Independência, Novo Oriente, Ipaporanga, Quiterianópolis e Crateús. Essas mesmas linhas eram operadas de forma compartilhadas com a Rápido Crateús, cada uma operando nos seus respectivos horários e com todas a estrutura de garagens, funcionários, ônibus e agências separadas.

Nesse período cada uma das empresas disputavam os passageiros, oferecendo ônibus novos, conforto e viagens rápidas sempre buscando atender uma gestão de qualidade ao longo do percurso operacional, numa concorrência saudável.

Nessa disputa, fez a TransCrateús investir em ônibus novos e modernos, sempre buscando surpreender o mercado. No último ano de operações nas linhas rodoviárias, a empresa adquiriu dois ônibus top de linha na configuração executiva.

Trata-se de um Busscar Elegance 360 e um Paradiso G6 1600 LD, ambos sobre o robusto chassi Scania K380, rodando em linhas intermunicipais por um curto período, porém, permanecendo na TransCrateús em suas atividades no setor de turismo e excursões. Em suas atividades, a empresa operou com dois códigos do Detran-Ce, o 014 nas linhas rodoviárias e o 768 no fretamento.

Após a licitação intermunicipal em 2009, a TransCrateús deixa de fazer linhas no Ceará, tendo suas linhas e concessões transferidas para a Viação Princesa dos Inhamuns. Desde então, a TransCrateús passa a operar somente no fretamento de viagens locais e nacionais, levando consigo o nome dessa charmosa cidade do sertão do Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados