quinta-feira, 6 de julho de 2017

Thamco Scorpion, um modelo que marcou presença na frota da Cialtra

Por Fortalbus
O começo da década de 1990 trouxe inovações para a indústria nacional do ônibus e também para o sistema de transporte urbano de Fortaleza. Numa época em que os veículos do tipo Padron chegavam à nossa cidade para compor o novo modelo de integração, muitos dos melhores ônibus fabricados na época puderam ser vistos nas empresas cearenses.

Um desses ônibus que merecem destaque é o Thamco Scorpion com chassi Scania L113. Poucos nesta combinação foram produzidos, e a extinta empresa Cialtra trouxe para nossa cidade uma quantidade considerável deste modelo. Na qualidade de cliente potencial das carrocerias Thamco no Ceará, a Cialtra teve um de seus ônibus ilustrando a propaganda da carroçadora paulista numa revista especializada da época.

Fundada em 1985, a carroçadora Thamco iniciou a produção do modelo Scorpion em 1990, substituindo o urbano anterior denominado Padron Águia. O Thamco  Scorpion, foi um dos maiores concorrentes de mercado da Caio e da Marcopolo. O modelo era conhecido pelas soluções estéticas, inclusive pela disposição das janelas, formato das lanternas e portas de folha única, deixando claro que o alvo da Thamco era o mercado conquistado pelo Caio Vitória.
Thamco Scorpion com chassi Volvo e Mercedes-Benz também ilustravam a frota da Cialtra
O sucesso deste modelo junto aos frotistas se deu pelo uso de materiais leves que ofereciam um peso menor ao conjunto da carroceria, o que proporcionava maior velocidade e menores custos operacionais, com menos gasto de combustível e forçando menos o motor e as demais peças, e um preço de compra convidativo, eram os destaques anunciados pela Thamco em relação ao Scorpion. A linha Scorpion foi produzido até 1994, quando foi substituído pelo moderno Thamco Dinamus.

Ainda durante os anos 90, a Thamco produziu outros modelos como o Dinamus e o micro-ônibus Genesis, entretanto, após contrair altas dívidas, teve seus bens arrestados pela San Marino, encerrando assim a produção das carrocerias da marca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados