quarta-feira, 12 de julho de 2017

Vipu venceu as longas distâncias e terrenos difíceis com seus veículos Scania

Por Fortalbus
Nascida da cisão da Expresso Ipú Brasilia em 1988, a Vipu nasceu com a missão de dedicar-se às linhas interestaduais, especialmente aquelas entre o Ceará e Brasília. As estradas já eram asfaltadas, possibilitando que a empresa disponibilizasse um serviço com foco exclusivo a este perfil de passageiro. A Vipu optou logo nos primeiros anos por padronizar toda sua frota com veículos da marca Scania, inicialmente com os modelos S112CL e K112TL, com carrocerias Cobrasma e Marcopolo.

Em apenas três anos de atividades e acreditando no seu potencial, a Vipu recebe o Prêmio Destaque Empresarial/90, reconhecida como uma das melhores empresas do Ceará no mundo dos negócios. A partir do começo da década de 1990 sua frota passou a ser padronizada apenas com ônibus de carrocerias Busscar e Marcopolo, sempre com motor Scania 113.

A partir de 1996, a empresa começa a investir na compra de veículos executivos com ar condicionado. Os veículos de motor dianteiro passam a ser adquiridos com o terceiro-eixo, até então usado somente nos ônibus traseiros da frota.

No ano seguinte, com o lançamento de veículos com 14 metros de comprimento, a Vipu adquire os primeiros três ônibus “Big 14”, batizando assim os prefixos da série 5. Embora as condições de rodagem fossem bem melhores comparáveis às primeiras décadas de operação da empresa-mãe Ipú Brasília, os ônibus da Vipu ainda precisavam enfrentar um trecho de quase 100 quilômetros de estrada de terra no interior do nordeste. Com isto, a empresa teve que buscar ainda mais eficiência e durabilidade para seus veículos, sem prejuízo do conforto para os passageiros.
Com os ônibus Scania motor dianteiro de 14 metros de comprimento, a Vipu os equipou com ar condicionado, televisão/vídeo e auto-serviço de água/cafezinho, dispondo 46 lugares, traduzindo em maior espaço entre as poltronas e deixando o passageiro mais à vontade. Esta configuração passou a ser padrão.

Com o serviço Executivo-Expresso, a Vipu cumpria em apenas 34 horas o percurso entre Fortaleza e Brasília, o que representava um ganho de oito a dez horas sobre a duração normal da viagem.

Em 1997, a Vipu ostentava uma frota de 53 ônibus Scania e média de 3,6 anos, o índice de ocupação dos ônibus situava-se em torno dos 73%, ocupação essa que chamou a atenção da Expresso Guanabara que almejava ampliar suas operações. 

Em 1998, a Vipu foi adquirida pelo grupo Guanabara, deixando então de atuar no transporte interestadual de passageiros.Todas as linhas da Vipu passou ser operada pela Expresso Guanabara, a exceção foi as linhas ligando o Ceará aos estados de MT e MS, que passaram a ser atendidas em forma de parcerias de trechos com a Viação Andorinha.

Principais trechos operadas pela Vipu
Fortaleza x Brasília (DF)
Fortaleza x Goiânia (GO)
Icó x Brasília (DF)
Juazeiro do Norte x Brasília (DF)
Petrolina (PE) x Brasília (DF)
Picos (PI) X Goiânia (GO)
Salgueiro (PE) x Brasília (DF)
Sobral x Brasília (DF)
Sobral x Goiânia (GO)
Fortaleza x Cuiabá (MT)
Fortaleza x Campo Grande (MS)

3 comentários:

  1. Linda história grande empresa grande empreendedorismo do Sr Zezé Carlos o triste é ver tudo isso nas mãos de uma só empresa.

    ResponderExcluir
  2. Vi demais na minha infância, e o ronco destes motores eram demais. Lembro também da Rodoil antes da Vipu para de rodar...

    ResponderExcluir
  3. quando vcs dizem principais trechos operados pele a vipu isso significa que teria outros?

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados