segunda-feira, 14 de agosto de 2017

A linha que corta o Brasil entre Fortaleza x Pelotas é feita em 78 horas e custa R$ 965,00

Por Fortalbus
Imagine cruzar o País de norte a sul a bordo de um ônibus rodoviário. Para muitos seria uma árdua e cansativa viagem, afinal, o Brasil possui dimensões continentais e uma viagem desse tipo pode durar alguns dias e noites na estrada. Mesmo com a concorrência entre o transporte terrestre e o aéreo, que fez a população ter acesso a viagem mais rápida, as empresas de ônibus mantém essas longas linhas interestaduais, mesmo em numero de horários reduzidos em comparação há alguns anos atrás.

Aqui em Fortaleza, nasce uma das maiores linhas rodoviárias do Brasil, a Fortaleza x Pelotas, que é operada pela Empresa Nossa Senhora da Penha. A viagem tem partidas semanais, saindo de Fortaleza sempre às quartas-feiras 8:00 hs da manhã e de Pelotas-RS às terças-feiras 20:00 hs da manhã.

Para quem tem coragem de enfrentar essa verdadeira aventura deve saber que o trecho todo dessa viagem dura em média umas 78 horas de duração, saindo de Fortaleza na quarta-feira e chegando na cidade gaúcha ás 14:30 de sábado. Lembrando que o passageiro dessa viagem terá que desembolsar a bagatela de R$ 965,95, segundo o site da própria empresa.

Em seu percurso essa corta 8 estados e atende as seguintes cidades; Fortaleza, Jaguaribe-CE, Icó-CE, Barro-CE, Milagres-CE, Salgueiro-PE, Petrolina-PE, Feira de Santana-BA, Vitória da Conquista-BA, Teófilo Otoni-MG, Gov. Valadares-MG,  Muriaé-MG, São Paulo-SP, Curitiba-PR, Joinville-SC,   Itajaí-SC, Florianópolis-SC, Sombrio-SC, Porto Alegre-RS, Camaquã-RS e Pelotas-RS. 

Atualmente, existem em operação nessa linha, ônibus trucados modernos da Empresa Nossa Senhora da Penha com 42 poltronas confortáveis e equipados com ar condicionado para oferecer mais conforto e segurança aos passageiros.

Desde de junho/2017, essa rota faz parte de lote de 07 linhas da Penha adquiridas pela Expresso Guanabara. Neste momento o processo de transferência da linha está avançado, devendo a Guanabara iniciar as operações para o Sul e Sudeste, logo em breve.

Mas há vinte anos atrás era um pouco diferente. Naquela época, uma reportagem produzida pelo Fantástico mostra como era a viagem de quatro dias que cruzava vários estados do Brasil até seu destino final.

Confira também a matéria que mostra a viagem completa a bordo de um clássico Tribus, modelo produzido pela Tecnobus no auge do Grupo Itapemirim:

Parte I Parte II

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados