terça-feira, 22 de agosto de 2017

Com três novas rotas, Auto Viação Progresso amplia a sua participação no Nordeste

Por Fortalbus
A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), autorizou o pedido de transferência de três mercados da Kandango Transportes (Catedral) em operação na região Nordeste para a Empresa Auto Viação Progresso S/A, trata-se das linhas Natal x João Pessoa, Recife x Arapiraca e Recife x Maceió. Agora, a Progresso já pode ofertar as vendas de passagens nestes novos mercados, influenciando na concorrência diretamente com as empresas Viação Nordeste e Real Alagoas de Viação.

O principal embate está ocorrendo no trecho Natal x João Pessoa onde as empresas Viação Nordeste e Progresso S/A travam uma guerra de preços e conforto, buscando conquistar cada vez mais passageiros. Como é sabido, durante décadas a Viação Nordeste operou sozinha nessa linha e diante das crises administrativas sofridas pela empresa, houve uma queda considerável na qualidade dos serviços, fazendo acontecer uma fuga de passageiros para outras empresas. Hoje, a Viação Nordeste está sob uma intervenção judicial e vem tentando melhorar suas operações e recuperar a clientela perdida.

Agora, uma grande conquista foi o direito dado a Progresso S/A para a operação da linha Recife x Maceió, uma das linhas que partem da capital pernambucana mais almejadas pela empresa há décadas. Como se sabe a ligação direta via o litoral e BR 101 entre as duas capitais é feita pela Real Alagoas de Viação, a rota adquirida pela Progreso S/A é através da BR 232/BR 104 (Via Caruaru), aumentando um pouco o tempo de viagem.

Já na linha Recife x Arapiraca, o Grupo ADTSA na qual faz a Auto Viação Progresso, já operava através da Viação Cruzeiro após a aquisição das linhas da Jotude Transporte e Garanhuns Expresso. Com isso a linha Recife x Arapiraca será operada apenas pelas empresas do mesmo grupo. 

A Progresso é uma das empresas mais tradicionais do Nordeste, é a aliança de uma tradição de uma marca presente há 85 anos nas rodovias do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados