terça-feira, 10 de outubro de 2017

O retorno operacional dos veículos articulados em Fortaleza

Por Fortalbus
Ao primeiro ronco do motor, os celulares não se aguentaram nos bolsos. Tinham de registrar em lentes que não fossem retina, guardar a novidade para alcançar outros olhos. Foi assim que em 2014,  os ônibus articulados voltaram a circular pela Capital, no início tudo foi como um teste, na linha 082 - Antônio Bezerra/Messejana/Perimental. O veículo "sanfona" com ar condicionado se uniu aos demais ônibus que faziam o trajeto entre os terminais do Antônio Bezerra e da Messejana pela Perimetral.

Após anos aguardando o retorno dos ônibus articulados circulando em Fortaleza, a implantação do sistema BRT trouxe diversas tecnologias embarcadas ao transporte coletivo, tais como suspensão pneumática, câmbio automático, motor eletrônico de 340cv, freios a disco EBS e uma maior área de circulação livre com o motor instalado entre-eixos. Capricho também da carroceria que possui ar condicionado para um maior conforto dos passageiros.

A Viação Santa Cecília foi a primeira empresa a receber o modelo BRT, a empresa optou pelo encarroçamento Mascarello, que recebeu o prefixo 36400, trazendo um desenho exclusivo para o modelo GranMetro, que conta com desenho mais aerodinâmico e novo conjunto de faróis com luz diurna em Leds com superfície de proteção inteiriça em policarbonato. O veículo também é equipado com três portas do lado esquerdo para uso em plataformas, além das três convencionais ao nível do solo.

Após firmar-se em solo fortalezense, o primeiro ônibus BRT de Fortaleza, deu início às operações na linha regular (082) Antônio Bezerra/Messejana/Perimetral, enquanto o corredor expresso da avenida Bezerra de Menezes não ficava pronto. A linha chamou a atenção pela sua alta demanda, e em seu itinerário já exibia as vias que receberam as faixas exclusivas de ônibus, meses depois. 

Com a inauguração da linha (222) Antonio Bezerra/Papicu via Antonio Sales, o veículo foi remanejado para operar exclusivamente nesta linha. Outra mudança só ocorreu com a inauguração das estações BRT na Bezerra de Menezes, na qual os veículos articulados vem sendo peça fundamental para a viabilidade  da linha (200) Antonio Bezerra/Centro - BRT até hoje.

Hoje a cidade de Fortaleza vive uma intensa expectativa com a inauguração do corredor BRT na avenida Aguanambi, interligado com rapidez e conforto a região da Messejana ao Centro da cidade. A Prefeitura Municipal ainda não determinou a entrada de novos ônibus articulados no sistema, mas o que se sabe é que o projeto viário da Aguanambi irá trazer muitos benefícios aos usuários. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados