quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Os modelos Monoblocos O-371 que fizeram história na Viação Nordeste

Por Fortalbus
Com mais de 52 anos de operações, vários modelos de ônibus fizeram parte da frota da Viação Nordeste, entre eles os clássicos Mercedes-Benz Monobloco O-371. O Monobloco é até hoje considerado o primeiro ônibus de verdade fabricado no Brasil, o modelo chegou ao mercado com uma proposta de um veículo onde o chassi, motor e carroceria integravam uma única peça. 

Com as versões dos Monoblocos, a Mercedes-Benz consolidou o conceito de ônibus motor traseiro no Brasil, que durante quatro décadas se destacou como um sucesso de vendas. Entre os modelos O-321 ao O-400, a Mercedes-Benz produziu diversos modelos em diferentes configurações que incluíam versões do tipo urbano e rodoviário, atendendo as expectativas dos grandes frotistas. 

Os Monoblocos O-371 presentes na frota da Viação Nordeste era composta pelas versões RSL e RSD. A diferenciação dos modelos era que o RSL eram equipados com suspensão a ar, sete janelas grandes e dois eixos. Já a versão RSD se destacavam pela suspensão a ar sete janelas grandes, o terceiro eixo e a altura do veículo.

A produção do monobloco O-371 no Brasil ocorreu entre 1987 e 1993, mas o final da série histórica dos Monoblocos foi cessada em 1996, com a versão O-400. A partir deste momento a Mercedes-Benz se concentrou apenas na fabricação e fornecimento de chassis de Ônibus.

Os monoblocos da Viação Nordeste eram responsáveis pelas linhas que ligavam a capital potiguar para o interior do Rio Grande do Norte, com passar do tempo os veículos começaram a ser escalados para operar linhas fora do Estado. Aqui no Ceará, era comum ver esses modelos operando as linhas Fortaleza x Mossoró-RN e Fortaleza x Currais Novos-RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados