quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Viação Itapemirim emite nota falando dos bastidores da empresa

Por Fortalbus
Os atuais representantes que estão à frente das empresas Viação Itapemirim e Viação Caiçara, ambas em recuperação judicial vieram a público informar por via de um comunicado oficial, um direito de resposta na qual foram abordados todos os bastidores administrativos e jurídicos. Essa resposta ocorre após a determinação da justiça que afasta os atuais controladores do Grupo Itapemirim da gerência. 

Por meio da nota, os controladores que estão à frente dos negócios do Grupo Itapemirim há 1 ano, os diretores, Sidnei Piva de Jesus e Camila Valdívia, voltaram a relatar a real situação que levou a Viação Itapemirim operar com prejuízo. Informando que quando a nova diretoria assumiu a Empresa, ela se encontrava totalmente abandonada por conta de várias fraudes entre elas; Caixa 2, lavagem de dinheiro, desvio patrimonial entre outras coisas.

Atualmente o desfecho dessa novela está muito longe de ocorrer, com informações administrativas e jurídica sendo jogadas no ventilador, indo de contra-mão do sigilo das informações que requer qualquer Empresa que esteja passando por uma recuperação judicial. 

Tudo isso tá parecendo um jogo de poder, onde os antigos proprietários que se desfizeram de várias empresas de ônibus do grupo no passado e os atuais gestores se degladiam em cima de um patrimônio que a cada dia vez perdendo espaço no mercado rodoviário de passageiros.

Em meio a todo esse conflito está a Viação Itapemirim que nunca perdeu tantos passageiros, cancelou horários, terceirizou sua operação e enfrentou várias paralisações de funcionários. Nos últimos anos, os serviços da Itapemirim despencou de qualidade, deixando transparecer aos clientes uma situação que deveria está apenas nos bastidores.  

Segue a nota divulgada no Facebook e tire suas próprias conclusões;

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados