Header Ads

ad

Novos ônibus biarticulados terão velocidade máxima controlada por GPS

Os novos ônibus biarticulados que começarão a circular por Curitiba, a partir de 28 de março, terão recurso de controle automatizado de velocidade, com o objetivo de diminuir os riscos de acidentes envolvendo os veículos. A tecnologia é inédita para os ônibus da América Latina. 

Através de monitoramento remoto e geolocalização (GPS), poderá ser programado à distância pelo operador do sistema para limitação de velocidade em áreas determinadas ou em horários especiais e em regiões próximas a escolas, hospitais e outros pontos de muito movimento.

De acordo com Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), o veículo não ultrapassa o limite caso a velocidade máxima seja programada, mesmo que o motorista pise no acelerador. Além disso, o controle de velocidade promete mais conforto para os passageiros. “Podemos programar a velocidade máxima antes das paradas nas estações, melhorando a segurança e o conforto do passageiro no momento da frenagem do ônibus”, explica Neto. Outra tecnologia de segurança dos novos veículos é a suspensão e freio eletrônico e também o sistema dayligth (luz diurna), que melhora a visibilidade do ônibus.

Poluição
Os veículos da nova frota atendem as regulamentações internacionais de controle de poluentes. Além do diesel, é necessário abastecer o motor com um composto de úreia para que o veículo rode, o que reduz em 60% as emissões poluentes.

Câmeras
Os novos carros também estarão equipados com oito câmeras de monitoramento, sete cobrindo a área interna e uma voltada ao lado externo do veículo. A câmera externa será ligada a um monitor no painel do motorista. “O sistema será padrão, de agora em diante, nos novos biarticulados e serve como apoio para o motorista estacionar o ônibus com precisão nas plataformas das estações, melhorando a segurança no embarque e desembarque dos passageiros. Ele também ajuda a diminuir riscos de acidentes pois melhora a visualização externa”, explica o presidente da Urbs.

Acessibilidade
Os ônibus contarão com dois espaços para cadeirantes, e não apenas um como na frota antiga.
Com informações: Prefeitura de Curitiba

Nenhum comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.