terça-feira, 10 de abril de 2018

Rio de Janeiro pode ter nova licitação para ônibus urbanos

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, disse que caso não seja estabelecido um acordo para que empresas voltem com as linhas de ônibus que sumiram de circulação, dentro de um prazo de um ou dois meses, a prefeitura vai abrir licitação para que novas empresas façam o serviço. A declaração foi dada em entrevista nesta segunda-feira. Além disso, ainda de acordo com Crivella, a falta de um acordo pode levar à liberação de vans onde não há ônibus circulando na cidade.

"Estamos não só multando as empresas, mas conversando, tentando calcular uma tarifa justa. Onde os ônibus não estão atendendo vamos liberar as vans. E dependendo da situação, podemos licitar novas linhas de ônibus mais para frente, daqui a um ou dois meses. E vamos abrir não só para empresas do Rio, mas de outros estados e até internacionais", pontuou Crivella durante a entrevista.

O prefeito do Rio destacou ainda que o sistema de consórcio se mostrou ineficaz e não funcionou para o passageiro, que, segundo ele, não teve à disposição mais ônibus e tarifas menores. A redução do número de veículos em algumas linhas e o desaparecimento de outras têm sido alvo frequente de reclamações dos passageiros.

"Com esse modelo, temos o risco do monopólio. A situação está sendo monitorada e em breve, no próximo mês ou um pouco mais teremos uma solução. As empresas não têm mais poder político como anteriormente. A vitória da lei do trocador é uma prova disso. A classe política e a gerência técnica é que têm voz de mando”, afirmou.
Com informações: Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados