segunda-feira, 2 de julho de 2018

As últimas aquisições da Viação Rio Negro e Rápido Juazeiro

Por Fortalbus
A última aquisição rodoviária da GERF (Grupo Empresarial Raimundo Ferreira), através das empresas Viação Rio Negro e Rápido Juazeiro ocorreu com a chegada das unidades do modelo Marcopolo Paradiso G6 1350. Os veículos tinham o chassi Mercedes-Benz O-400RSD, proporcionando uma excelente configuração interna com apenas 42 poltronas com encosto de pernas, designados como semi-leito, ofertando um melhor conforto para seus clientes.

Ambas as empresas ostentavam aquela que foi a ultima identidade visual do grupo, onde traziam em sua lateral a imagem do Padre Cícero, homenageado por ter sido escolhido cearense do século em 2001.

As operações da Rio Negro e Rápido Juazeiro era considerada uma das mais rentáveis do intermunicipal cearense, realizando viagens de Fortaleza para a região do Cariri, sua principal área de atuação, além de sua única linha interestadual, Fortaleza x Serra Talhada (PE).

A chegada dos primeiro Paradiso G6 1350 adquirido pela Rápido Juazeiro e Rio Negro foi um marco para o Grupo, já que ambas as empresas passaram vários anos renovando com Busscar. A Rápido Juazeiro, assim como a Viação Rio Negro encerraram suas atividades em 2005, quando foram adquiridas pelo Grupo Guanabara. 

6 comentários:

  1. Nada contra as empresas que hoje estão em operação mais que saudades de ver a rodoviária de Fortaleza com a serrano ipu Brasília asa branca são Geraldo Horizonte brasileiro penha em fim todas que já fizeram parte do sistema deixaram muitas lembranças

    ResponderExcluir
  2. Sempre vou lamentar o fim dessas empresas, que fizeram parte da minha infância. Não sei o motivo da venda, já que era tão rentável.

    ResponderExcluir
  3. Concordo pessoal esse grupo das baratas dominam tudo e nao e so no Ceará,o transporte urbano do rj e muito grande a participação das nojentas baratas

    ResponderExcluir
  4. Realmente faz falta essas empresas, graças ao senhor Cid Ferreira Gomes.

    ResponderExcluir
  5. Ao senhor? Nos não devemos nadas a esse canalhas

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados