terça-feira, 28 de agosto de 2018

Cada vez mais as pessoas vão descobrindo o hobby da "busologia"

Para muitos, os ônibus servem apenas como um meio de transporte para as atividades diárias. Porém, existe um enorme grupo de pessoas que se dedicam à adquirir o máximo de conhecimento sobre os ônibus.

Busologia é o nome da atividade relacionada à admiração, ao estudo e à fotografia de ônibus de forma geral. As pessoas que praticam essa atividade, geralmente por hobby, são conhecidas como busólogos.

Um hábito bastante comum entre os busólogos é o de marcar reuniões para discutir sobre assuntos relacionados ao tema, trocar conhecimento e até mesmo realizar viagens com o objetivo de encontrar os modelos que não são comuns onde moram.

Algumas das atividades que acontecem durante as reuniões de busólogos:

Pesquisas a respeito de modelos de carrocerias, chassis, motores e sua evolução ao longo da história;

Informações e criação de um acervo sobre as várias empresas rodoviárias e seus modelos de carrocerias, pinturas e itinerários;

Preservação de modelos de carrocerias, pinturas, bancos e tudo referente ao tema;

Coleção de fotos e miniaturas de ônibus;

Discussão a respeito do futuro dos sistemas de ônibus;

Conhecimento de detalhes a respeito dos modelos de ônibus de transporte urbano e transporte rodoviário de longa distância.

Os diferentes tipos de busólogos
Apesar de todos os busólogos serem apaixonados por ônibus, existem diferentes formas de exercer a paixão pelo assunto. Enquanto alguns preferem se dedicar ao registro fotográfico dos modelos, outros escolhem colecionar miniaturas dos ônibus. E não por aí, existem busólogos que dão preferência ao estudo da parte mecânica, especialistas em design e historiadores de cada modelo.

Há diferenças entre os especialistas no ônibus em si e os especialistas no transporte urbano como um serviço – tornando-se profundos conhecedores de empresas, linhas de ônibus e dados a respeito do transporte coletivo.

Por outro lado, alguns gostam de absolutamente todas as áreas relacionadas ao ônibus e buscam aprender um pouco sobre tudo que diz respeito ao tema. Na prática, o interesse acaba se transformando numa imensa quantidade de conhecimento, que por diversas vezes acaba sendo utilizado pela própria companhia de ônibus para gerar acervos ou até mesmo diagnósticos para problemas pontuais.

A atividade no Brasil
Os primeiros registros do tema são da década de 1970, na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais. O primeiro praticante brasileiro da Busologia registrou milhares de fotografias de ônibus, criando um acervo histórico admirado pelos busólogos até hoje.

Porém, foi através da expansão da internet que a busologia ganhou novos adeptos e aumentou a troca de informações, fotos e até mesmo negociações a respeito do hobby.

Atualmente no Brasil, estima-se que a Busologia conte com cerca de 13 mil adeptos no Brasil, com maior concentração nas grandes cidades e regiões metropolitanos. Porém, também existe um número expressivo de busólogos que residem em cidades do interior do país.
Com informações: Mercedes-Benz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados