quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Placas de ônibus no padrão Mercosul começam a ser implantadas

Por Fortalbus
O Rio de Janeiro é o primeiro estado a disponibilizar as placas de ônibus com o padrão do Mercosul, conforme pode ser visto nessas imagens de alguns veículos das empresas Nossa Senhora do Amparo e Treze de Julho. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), os veículos zero-quilômetro e aqueles que tiverem transferência de dono ou de estado, serão os primeiros a ser emplacados de acordo com o novo modelo.

Segundo o órgão, todos os Detrans do país estão em processo de homologação para introdução do novo modelo de placa. Agora o Brasil é o terceiro país do bloco a uniformizar a padronização de identificação dos veículos, depois de Uruguai e Argentina. A previsão é que toda a frota nacional esteja emplacada com o novo modelo até o fim de 2023.

A nova placa tem quatro letras e três números, que poderão estar embaralhados, como ocorre na Europa. Hoje, o modelo adotado no Brasil é o de três letras e quatro números. O fundo também será diferente: em vez de cinza, para veículos particulares, as novas placas, terão a cor de fundo branca, com variações nas letras e números. Outra novidade é que o modelo prevê a colocação do nome do país, que no caso do Brasil, estará na parte superior. O nome da cidade e do estado estarão na lateral direita, ao lado dos brasões. O tamanho, de acordo com o Denatran, não mudou. As placas terão 40 centímetros de comprimento e 13 centímetros de largura.

O Denatran informou, ainda, que no modelo haverá marcas d´água com o nome do país e do Mercosul e estarão grafadas na diagonal ao longo das placas. No Brasil, a placa terá uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional que conterá a identificação do fabricante, a data de fabricação e o número serial da placa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados