Header Ads

ad

Conheça as novas linhas de ônibus em Fortaleza que estão operando sem cobrador

Por Fortalbus
Há mais de um mês, tradicionais e movimentadas linhas de ônibus urbanos em Fortaleza começaram a operam sem cobradores e com pagamento eletrônico obrigatório, através do cartões Bilhete único, Vale transporte ou a Carteira de estudante com crédito. 

Essa ação vem causando várias críticas, que vão desde a eliminação de alguns postos de trabalho dos profissionais cobradores, até o constrangimento dos usuários que embarcaram nos ônibus sem saber que não possuíam créditos no cartão eletrônico.

Com o passar dos dias, novas linhas tradicionais estão operando com veículos grandes, sem a presença de cobradores. Grande parte dessas linhas estão operando com uma média de cinco veículos alternados que ostentam no para-brisa um adesivo advertindo que o pagamento só pode ser feito apenas com cartão. 

Hoje este serviço existe em sete linhas, que receberam o número 1 colocado no início do código da linha e em seu nome o indicador "II", informando que elas operam o mesmo itinerário das linhas tradicionais entre as 04:40 até as 23:24 horas. 

129 - Parangaba/ Náutico II - (Entre 05:00 às 21:57 hs)

144 - Parangaba/ Papicu via Montese II - (Entre 05:18 às 22:47 hs)

145 - Conjunto Ceará/ Papicu Via Montese II - (Entre 04:40 às 23:10 hs)

150 - Siqueira/ Papicu via Washington Soares II - (Entre 05:10 às 21:47 hs)

174 - Antonio Bezerra/ Unifor II - (Entre 04:51 às 23:24 hs)

192 - Antônio Bezerra/ Papicu via Praia de Iracema II - (Entre 05:10 às 22:11 hs)

199 - Siqueira/ Mucuripe via Barão de Studart II - (Entre 05:00 às 22:39 hs)

Segundo Dimas Barreira, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus), foi observado uma diminuição do uso de dinheiro no transporte coletivo, por vários motivos. Seja pela comodidade do pagamento ou pelo aumento da insegurança. São linhas especiais em que resolvemos fazer uma experiência e não usamos tabelas já existentes".

As linhas escolhidas para a experiência se baseiam, entre outros itens, no fato de terem uma média de 70% dos passageiros usando o pagamento eletrônico. Dimas Barreira aponta que estudos estão sendo realizados para que novas linhas também contem com esses ônibus extras com pagamento restrito às formas eletrônicas.

Além disso, outras linhas alimentadoras que interligam os terminais aos bairros, também estão funcionando somente com o cartão eletrônicos, apenas no período da tarde, são elas;

122 - Antônio Bezerra/ Álvaro Weyne
210 - Quintino Cunha/ Antônio Bezerra
319 - Parque São José/ Osório de Paiva/Parangaba
335 - Bom Jardim I
346 - Jardim Fluminense
366 - Bom Jardim II
375 - Aracapé/ Parangaba
379 - Conjunto Esperança/ Parangaba
626 - Lagoa Redonda II
636 - Conjunto Palmeiras/ Santa Maria

3 comentários:

  1. É segurança apenas para o empresário. Isto não impede que uma pessoa entre no veículo e assalte os passageiros...

    ResponderExcluir
  2. Celulares populares já não são tão comerciais quanto antes. Isso vai baratear cada vez mais. O interesse dos ladrões vai diminuindo pouco a pouco. Andar sem dinheiro mas sim com cartões é cada vez mais comuns. Outras profissões aliadas ao ônibus estão surgindo. É a modernidade natural.

    ResponderExcluir
  3. Se eu subir num ônibus desses e não tiver cobrador, não descerei à toa... Tenho direitos e deveres!

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.