Header Ads

ad

A nova reguladora do sistema de transporte rodoviário intermunicipal do Ceará

Por Fortalbus
Em 2019, o resultado da licitação das linhas rodoviárias do transporte de passageiros intermunicipal do Ceará completa 10 anos, num momento onde as empresas de ônibus vencedoras do certame (Expresso Guanabara, Fretcar, Princesa dos Inhamuns/Gontijo, São Benedito e Via Metro) podem renovar suas operações por mais 10 anos.

Nesse período de transição, o Governo do Estado do Ceará transferiu o sistema de transporte rodoviário intermunicipal do Ceará do Detran-CE para a ARCE. Essa mudança pode trazer grandes novidades para o intermunicipal cearense nesse momento de renovações de contratos.

Com isso, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (ARCE) ampliou sua atuação, passando a exercer um papel preponderante no setor de transporte intermunicipal de passageiros do Ceará, funções que até 2018, eram divididas com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran). 

O principal objetivo dessa mudança foi promover a consolidação do gerenciamento do Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros à Arce, alinhando o modelo de gestão estadual destes serviços àquele já consolidado em âmbito Federal, pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). 

Nesse contexto, caberá à Agência Cearense, como gestora absoluta do Sistema, regular, explorar, organizar, dirigir, coordenar, executar, fiscalizar, delegar e controlar a prestação deste serviços, também, nos terminais rodoviários, além de promover as licitações para as concessões e permissões inerentes. 

Ainda no rol de competências, à Arce também competirá criar, permitir, modificar, disciplinar, regulamentar, fiscalizar e controlar as linhas e itinerários relativos ao transporte intermunicipal do Estado do Ceará. 

4 comentários:

  1. Princesa do Inhamuns e São Benedito, estão distante de dar melhor serviços aos seus clientes. A Princessa, ônibus novos mais a configuração interna péssima, poltronas ruins, acentos duros, muito longe das passadas, em conforto aos passageiros como a Rápido Crateús, Horizonte. Jã a São Benedito esta nem sim fala!!!!
    Opior ´q que cobram valores como os carros da Guanabara e FRETCAR.

    ResponderExcluir
  2. E os metropolitanos de Fortaleza também serão geridos pela ARCE-CE?

    ResponderExcluir
  3. A São Benedito pelo amor de Deus carros sucateados.cade as fiscalizações do nosso estado

    ResponderExcluir
  4. QUEREMOS CONCORRÊNCIA,CHEGA DESSE MONOPÓLIO.

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.