Header Ads

ad

Mercedes-Benz lidera vendas de ônibus com 7.458 chassis produzidos

Ano passado, a Mercedes-Benz aumentou em cerca de 24% as vendas de ônibus no Brasil em relação a 2017, com aproximadamente 7.458 unidades emplacadas. Dessa forma, manteve sua liderança no segmento acima de 8 toneladas de PBT, com 51,6% de participação, sendo 79,2% em urbanos e 54,9% em rodoviários.

As renovações de frotas de ônibus também começaram a surgir de forma mais acentuada no segundo semestre de 2018. No segmento urbano, isso aconteceu de forma mais impactante em grandes capitais do Sudeste, Sul e Nordeste, visando melhorar a qualidade do serviço prestado aos usuários do transporte coletivo. No segmento de rodoviários, as empresas estão buscando um nível mais elevado de conforto e segurança para os passageiros e o motorista, utilizando novas tecnologias para se destacar frente à concorrência.

Nesse contexto, a Mercedes-Benz realizou grandes negócios ao longo do ano, conquistando novos clientes e registrando a volta para a marca de empresas de transporte de passageiros que já foram clientes no passado. A tendência é de novos negócios com mais renovações de frota de urbanos e rodoviários, a partir de novas demandas, licitações e de legislações, como a do uso de elevador para cadeirantes nos ônibus rodoviários.

No ano passado, a Mercedes-Benz foi também a fabricante que mais vendeu ônibus para fretamento no Brasil. Foram 718 unidades, o que dá à marca cerca de 55% de market share. Esse volume é 169% superior às 267 unidades de 2017. O transporte de funcionários ganha destaque nesse segmento, com as empresas de fretamento ganhando novos contratos ou aprimorando os serviços atuais.

Com relação ao segmento escolar, em junho de 2018, em parceria com a Caio Induscar, a Mercedes-Benz venceu uma licitação para fornecimento de 1.600 ônibus LO 916 R da categoria ORE 2 para o Programa Caminho da Escola. As primeiras unidades começaram a ser entregues e as prefeituras têm até abril de 2019 para solicitar seus ônibus.

Nenhum comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.