Header Ads

ad

Conheça a TTL, qualidade na arte de abrir caminhos

Embora tenha sido formalmente registrada no ano de 1957, que é considerado o ano de sua fundação, a TTL Transporte e Turismo Ltda., do Grupo Unesul, iniciou seus serviços em 1950, ainda não sob esse nome. Na época, ela fazia transporte de passageiros em excursões e ligava a pequena cidade brasileira de Santa Rosa a Porto Mauá, no Uruguai. Essa foi a primeira linha internacional de
ônibus do Brasil.

Já em 1958, a TTL passou a operar no trajeto Porto Alegre-Montevidéu, serviço para o qual obteve do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem a Autorização Nº 1 expedida pelo órgão para viagens internacionais. Apesar do significado do número, eram viagens internacionais realizadas sobre estradas de chão batido, com transposições de rios feitas em barcas.

O tempo de duração da viagem era de 26 horas, sempre por estradas muito ruins. Um dos trechos particularmente difíceis tinha 200 quilômetros e demandava de seis a oito horas para ser vencido. Só existia asfalto depois da vigésima-quinta hora de viagem, já quase chegando a Montevidéu.

Apesar das dificuldades, com o passar do tempo a demanda dos passageiros tornou-se tão frequente que motivou a implantação de uma linha regular e diária no trajeto. A TTL foi a permissionária pioneira do serviço. 

Desde o início a companhia tornou-se um modelo de organização. O primeiro ônibus utilizado por ela na linha para Montevidéu foi um F-7, com carroçaria de madeira, fabricada em Carazinho. Tinha capacidade para 28 passageiros. Algum tempo depois, entrou em operação um F-600, e então a carroçaria já foi fabricada pela brasileira Eliziário, muito famosa na época.

Evolução a bordo
Mas a verdadeira grande novidade que a TTL apresentaria tempos depois aos seus passageiros foi mandada vir de avião dos Estados Unidos: um banheiro! Era uma espécie de armário de aço inoxidável, em peça única, que incluía pia e vaso sanitário. No mesmo ônibus foi criado um espaço pomposamente denominado de “bar”. Os bancos receberam estofamento em tecido e os bancos dianteiros tinham sanefas em vez de vidros nas janelas.

Outra grande novidade foi a introdução do ônibus-leito na linha Porto Alegre–Montevidéu, em 1964. O serviço causou tal impacto que, ainda hoje, representa a opção exclusiva dessa natureza na rota.

Avanços igualmente muito importantes seriam registrados pela TTL na década de 1970, como, por exemplo, a abertura da linha direta entre São Paulo e Montevidéu, em 1976, um tipo de serviço que até hoje também continua sendo opção exclusiva nessa linha. Registre-se que, já na inauguração, a empresa implantou serviços de bordo prestados por funcionários cuidadosamente preparados e permanentemente preocupados em oferecer sempre mais comodidade e conforto aos passageiros.

No ano seguinte, a companhia passou a operar a ligação entre Porto Alegre, Foz de Iguaçu e Assunção. Mais tarde, instalou filiais em São Paulo, Santa Catarina e Montevidéu. A empresa sempre se empenhou em introduzir nos seus ônibus e serviços, assim como na administração do negócio, todas as inovações e avanços possíveis. Um exemplo sempre relembrado é o de que os ônibus da TTL entre as cidades de Montevidéu e Porto Alegre (ou São Paulo) sempre contaram com o trabalho de comissárias de bordo — as azafatas, como são chamadas no Uruguai.

Atualmente, a TTL dispõe de uma frota de ônibus climatizados de última geração, que passam por frequentes revisões, a fim de assegurar aos passageiros o máximo conforto e segurança nas viagens.

Rotas atendidas 
Visando sempre o melhor atendimento, a TTL conta com bases operacionais em São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Montevidéu. Mantém pontos de vendas em Santos, São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Foz do Iguaçu, Joinville, Balneário Camboriú, Itapema, Araranguá, Porto Alegre, Pelotas, Rio Grande, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Lajeado, Novo Hamburgo, Passo Fundo, São Leopoldo, Torres, Chuí e em várias outras localidades do Estado do Rio Grande do Sul. Suas principais rotas são São Paulo-Montevidéu, Porto Alegre-Montevidéu e Florianópolis-Montevidéu. Em todas são oferecidas as opções Executivo e Leito. 

Juntas, a Unesul e a TTL atendem mais de 400 municípios no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul, Paraguai e Uruguai.

Nenhum comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.