Header Ads

ad

Mesmo com investimentos, demanda por ônibus em Fortaleza não aumentou

Possibilidade de deslocamento para quem opta por deixar o carro em casa, os ônibus de Fortaleza não registraram aumento da média de usuários, mesmo após uma série de mudanças implementadas no serviço. “Ainda temos uma média de 1,10 milhão de passageiros por dia útil”, revela Antônio Ferreira, vice-presidente da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

Dentre as modificações implantadas pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, está a implantação de faixas exclusivas e estações Bus Rapid Transit (BRTs), ações que aumentaram de 3,3 km para 111 km a extensão de corredores destinados exclusivamente aos coletivos na Capital. Os investimentos também contemplam tecnologias de locomoção, como suspensão a ar, câmbio automático e serviço de Wi-Fi.

Ainda segundo Antônio, o sistema de ar-condicionado já contempla 35% da frota e deve chegar a 100% dos carros à medida que os ônibus antigos forem trocados por veículos novos.
Com informações: O Povo

5 comentários:

  1. Ar não faz ninguém pegar ônibus a demora de algumas linhas é que afasta os passageiros.

    ResponderExcluir
  2. Com o preço do Uber as vezes as pessoas se juntam e pegam um Uber,sai mais em conta do que as passagens

    ResponderExcluir
  3. Essas mudanças, nao geraram atraçao nos usuarios, aqui, ainda falta muito pra chegar ao nivel de, uma cidade como Curitiba, na questao de transporte publico.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que o sistema só se tornará mais atrativo quando o metrô estiver funcionando em sua plenitude e houver uma integração real entre eles. Quando o metrô (principalmente a linha leste) estiver integrada, haverá uma diminuição da demanda das grandes linhas (041,042,028,026...), esses onibus poderiam ser realocados para as linhas menores e as de bairro. A curto-médio prazo daria para diminuir a rota de várias linhas e criar mini-terminais, isso faria com que houvesse uma maior número de viagens por linha, refletindo no menor tempo de espera dos ônibus, que é o maior afugentador de passageiros. Tudo é questão de gestão e um pouco de investimento tbm.

    ResponderExcluir
  5. Qual a intenção de fazer uma Faixa exclusiva para ônibus? Eu espero que seja agilidade, de manhã na Domingo Olimpio, se o 222 tiver na frente ele atrasa em 10 minutos os que vem atrás, aí quando chega na Dona Leopoldina fica 038, 089, os ônibus que vem na Aguanambi, ahh mas isso não tem como resolver tem, os agentes de trânsito poderiam auxiliar l transporte, o mesmo acontece no Montese, colocam o 089 lá, 20 minutos da Parangaba até a Edurado Girão, quando ele é o 1°, quando tem um 073 na frente, ele leva 25 minutos, se tiver o pior é quando fica 073, 044, 045, 244, 089 não tem condições de nenhum ultrapassar o outro

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.