Header Ads

ad

Cootraps vai aceitar pagamento com cartões de crédito e bitcoins

Os usuários de topiques ou microônibus em Fortaleza vão poder efetuar pagamento de passagens com cartões de crédito, débito, programas de milhagem e criptomoedas - moedas virtuais, como os bitcoins a partir de janeiro de 2020. O sistema de transporte complementar vai disponibilizar um aplicativo próprio por meio do qual os passageiros vão poder pagar as passagens.

De acordo com a Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Cootraps), por meio do gerente de projetos da companhia, Pedro Henrique Alcino, 100% da frota vai sofrer a mudança. O dinheiro vai continuar sendo aceito como forma de pagamento nos transportes.

"Nossa intenção é garantir ao usuário que ele possa pagar em dinheiro e no passecard. E a partir de janeiro possa ter acesso a uma infinidade de interface de pagamento", reforça o gerente.

Segundo Pedro Henrique, o software do projeto está garantido e, no momento, eles aguardam a chegada dos novos equipamentos leitores que devem ser instalados em todos os veículos. “Vai haver uma grande evolução, ao meu ver”, frisa Henrique.

O passageiro que aderir à tecnologia vai escolher, pelo aplicativo, o transporte mais próximo dele. Ao selecionar a linha desejada, vai ser gerado um QR Code, que deve ser lido na máquina semelhante ao leitor de cartões dentro da topique. Com a leitura, a catraca é liberada e a cobrança é gerada nos cartões ou demais programas escolhidos pelo usuário.

O modelo do app é semelhante àqueles utilizados para solicitar transportes particulares, contendo os dados do usuário e a forma de pagamento de preferência do cliente. Dentro das topiques, o motorista vai poder acompanhar as operações por meio de um tablet instalado no painel do veículo.

Em Fortaleza são 320 microônibus da Cootraps, fazendo, em média, 68 mil viagens por mês. A cooperativa afirma que cobre todas as regiões da cidade.
Com informações: Diário do Nordeste

Um comentário:

  1. Os microônibus da Cootraps não funcionam em nenhum dos bairros da grande área do Siqueira.

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.