Header Ads

ad

Conheça os dados do crescimento da Guanabara nesses 27 anos

Por Fortalbus
Alguns grupos empresariais destacam-se por sua expressiva atuação em determinados segmentos, expandindo assim para outras regiões e novos mercados. Desde que chegou ao Ceará, o Grupo Guanabara se destaca como um dos maiores no ramo de transporte coletivo e rodoviário, tendo participação em segmentos que vão além do negócio principal, as empresas de ônibus.

O Grupo Guanabara entrou no segmento rodoviário do Ceará em 1992, com a aquisição de todas as linhas interestaduais da gigante Expresso de Luxo (1950-1992). A definição do nome da Empresa foi baseada em vários títulos que vão desde nomes de santos e adjetivos regionais como "Cearense" e "Nordestina"

Para surfar na boa fama que a marca Expresso de Luxo tinha entre os viajantes, a holding Guanabara decidiu criar a Expresso Guanabara, dando ênfase ao termo "Expresso" utilizado pela antecessora e unir o nome forte do grupo empresarial, Guanabara. 

Sempre movida à inovação, destaca-se o pioneirismo da Guanabara em diversos aspectos. Além de disponibilizar uma moderna frota com idade média de dois anos e de ser a 1ª empresa de transporte rodoviário a possibilitar a venda de passagens pela internet, a Guanabara foi a 1ª a instalar máquinas de autoatendimento, a 1ª a lançar um programa de fidelização, o “Afetividade”, a 1ª a lançar um programa de melhoria da alimentação servida nas estradas, o “Boa Mesa na Estrada”, e a 1ª a oferecer ar condicionado e rastreamento em 100% da sua frota.

Histórico das inovações na Expresso Guanabara:

Entre 1994 e 2000, a Guanabara criou o serviço "Top Bus" para atuar no sistema de ônibus executivo da cidade de Fortaleza, oferecendo ônibus com ar condicionado para os passageiros que se deslocavam para os principais pontos da capital cearense. 

Em 1995, a Guanabara criou seu serviço de transporte de Cargas e Encomendas, o Gbex. 

Em 1996 houve a primeira transformação que incluiu uma nova padronização da frota. Neste mesmo ano passam a ser adquiridos ônibus da carroceria catarinense Busscar.

Em 2002, foi lançado o programa de fidelidade chamada de "Afetividade", onde há cada 10 viagens o passageiro ganha uma. 

Já em 2005, ganhou a sua identidade visual definitiva, nascendo assim os Três tipos de serviços denominados: Galant (Convencional 46 lugares), Genesis (Executivo com 46 lugares) e Glamour (Leito 28 lugares).

Em 2007, a Guanabara inaugura sua atual garagem sede localizada na rodovia BR 116 em Fortaleza, uma estrutura de garagem considerada modelo, tendo mais de 35 mil m2 de área total.

Em 2008, a Guanabara deu iniciou ao processo de modernização de suas agências nos principais terminais rodoviários, como as modernas “Agências conceito”. 

Em 2009 é lançado o serviço Gb/Loc, destinado à locação e fretamento de veículos. Além disso, a Guanabara foi uma das pioneiras ao embarcar na tecnologia geração G7 da Marcopolo.

Em 2011, a Guanabara volta a renovar sua frota com veículos trucados 6x2 de 14 metros de comprimento.

Em 2015, a Empresa começa a projetar a mudança da sua identidade visual e a partir de 2016, a frota já veio com o novo layout.

Em 2016, a Guanabara se rende a tendência do mercado rodoviário e adquire as primeiras unidades Double Decker.

Hoje a Expresso Guanabara está comemorando hoje 27 anos de operações. Em todos esses anos de atividades e com milhões de quilômetros e passageiros transportados, a Guanabara se tornou uma das melhores e mais modernas empresas no segmento de transporte rodoviário de passageiros do Brasil, fazendo inveja até aos grandes conglomerados do sul e sudeste.

A Guanabara nesses anos foi ampliando sua participação no mercado nordestino e ampliou sua operação adquirindo linhas em áreas onde já atuava, além de crescer para outras regiões do Brasil. O sucesso da Guanabara nesse período muito se deve pelo conceito criado pela Empresa, em melhorar o ganho de escala da frota, para obter cada vez mais competitividade, gerar um melhor aproveitamento dos veículos e de toda sua infraestrutura de apoio.

Acreditando no seu potencial, a Guanabara fez vários investimentos na aquisição de Empresas projetando um futuro promissor. 

Empresas adquiridas pela Expresso Guanabara desde 1992; 

1992 - Expresso de Luxo (Ceará)

1993 - Viação São Bernardo (Maranhão)

1994 - Viação Marimbá (Piauí) 

1995 - Viação Aracati (Ceará)

1995 - Transparaíba (Paraíba)

1996 - 25% da Comércio Boa Esperança (Pará)

1998 - Vipu (Ceará)

2000 - Expressul (Ceará)

2001 - Expresso Timbira (Ceará) 

2003 - TransCeará (Ceará)

2003 - Brasileiro Transportes (Ceará)

2005 - Rio Negro (Ceará) 

2005 - Rápido Juazeiro (Ceará) 

2005 - Outros 25% da Comércio Boa Esperança (Pará)

2009 - Viação Planalto de Campina Grande (Paraíba)

2017 - Operação Nordeste da Empresa de Ônibus Nossa Senhora da Penha (Paraná)

Além dos bons resultados nesses 27 anos, a Expresso Guanabara soube enfrentar todas as adversidades inerentes à atividade de transporte rodoviário e à economia do país, crescendo e evoluindo de forma sustentável, tendo como suporte a principal riqueza que uma empresa pode ter: sua equipe de gestão, seu corpo de colaboradores e seus usuários. O desafio agora é corresponder a toda expectativa gerada ao longo desses anos e manter o reconhecimento dos clientes e de toda a sociedade.

Os números da Expresso Guanabara são grandiosos, preocupação que vai além da maneira de transportar, conceito que reflete numa marca respeitada e muito lembrada em toda sua área de atuação. 

* 6 milhões de quilômetros percorridos mensalmente

* 900 mil passageiros transportados por mês em todo o País

* 410 veículos novos, 

* 2.200 cidades e localidades atendidas

3 comentários:

  1. Meu amigo com tudo a favor dela e ainda mais com uma licitação dessa que deu a ela o monopólio do transporte no Ceará claro que vai se dar bem. Hoje o transporte de passageiros no estado do ceará está monopolizado por quatro empresas isso é horrível e errado deve ter corrido muito dinheiro veja que esse tal de jocob barata está envolvido em muitas falcatruas desse jeito qualquer um cresce.

    ResponderExcluir
  2. Mais uma empresa do sr Jacob Barata. Pra alguns o crime compensa

    ResponderExcluir
  3. Só esqueceram de falar sobre os processos de corrupção e lavagem de dinheiro do rei do ônibus.

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.