Header Ads

ad

Cootraps planeja transporte sob demanda ao estilo “Uber” em Fortaleza

Por Kézya Diniz
A cooperativa dos transportadores autônomos do Estado do Ceará – Cootraps, permissionária do serviço de transporte complementar em Fortaleza, pretende iniciar a operação de transporte sob demanda em dezembro desse ano.

O sistema de vans com ar-condicionado, Wi-Fi e um atendimento diferenciado visa atender os passageiros de curta distância em determinadas áreas delimitadas por bairro na capital.

O mecanismo de acesso a esse serviço é comparado ao já conhecido “Uber”, sempre através de aplicativo pelo smartphone o passageiro poderá inclusive escolher seu assento antecipadamente e embarcar na porta de casa.

“Precisamos adequar nossa prestação de serviço aos fortalezenses. Se a cultura e o comportamento de nosso passageiro está mudando, precisamos acompanhá-lo buscando atender de acordo com sua necessidade”, afirma o presidente da cootraps, Célio Rodrigues.

Pagamento
Nessa nova modalidade de serviço que será implementado pelas conhecidas popularmente de “topiques” deverá inaugurar interfaces de pagamento diversificada. Além do pagamento em dinheiro o cliente pode optar em pagar através de cartão de crédito e débito, direto pelo aplicativo.

Tarifa
A tarifa também é um atrativo e será calculada de acordo com o percurso desejado. “Transporte sob demanda já é uma realidade em várias cidades do Brasil. Iremos oferecer um serviço mais barato que o “Uber” e capaz de conduzir aos seus destinos até 15 pessoas ao mesmo tempo”, informa o gerente de projetos, Pedro Henrique Alcino.

Piloto
A cooperativa aguarda a autorização da prefeitura de Fortaleza para iniciar o projeto piloto com 12 vans na perspectiva de avançar em três regiões da cidade. O raio da cerca geográfica em que os veículos serão ofertados é de até 4 km.

2 comentários:

  1. De:Wellington Ribeiro
    Esse modal esta sendo usado em Goiania em carater experimental

    ResponderExcluir
  2. se nem o Uber Juntos Deu Certo Imagina uma Topic!

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.