Header Ads

ad

A última aquisição de ônibus 0 km efetuados pela Empresa São Benedito

Por Fortalbus
A São Benedito Autovia encontrou vantagens na compra de veículos semi-novos por conta das diversas características do ônibus, que vão desde as condições facilitadas de financiamentos, uma grande variedade de modelos e conciliando essas vantagens com um custo reduzido. Devido ao valor mais em conta, a Empresa pode reverter parte do orçamento disponível para a compra para realizar a aquisição de veículos com mais recursos e que atenda melhor às demandas financeiras da Empresa, como para o usuário.


A São Benedito Autovia nos últimos anos vem investindo pesado na aquisição de veículos semi-novos, até mesmo para veículos com motorização traseira para o segmento rodoviário. Todas essas unidades incluídas recentemente na frota, vem mais garantindo segurança e conforto aos seus passageiros.

Fora essa fase de comprar ônibus usados, a São Benedito Autovia teve um grande momento onde a opção foi adquirir veículos 0 km, como ocorreu com as unidades rodoviários; Marcopolo Ideale, Mascarello Roma e Busscar El Buss com chassis Mercedes-Benz e Volksbus em 2008/2009, num momento onde a Empresa precisava apresentar novos equipamentos por conta do processo licitatório.

Além dos veículos rodoviários 2008/2009, a São Benedito Auto fez sua última compra de veículos 0km para o setor metropolitano ocorreu no final de 2012, com a nova versão do Comil Svelto, trazendo até então uma configuração inédita no Ceará para linhas interurbanas e metropolitanas.

Esses ônibus Comil Svelto possui chassi Mercedes-Benz OF-1722, poltronas semi-urbanas e ar condicionado, além de duas portas exclusivas para embarque e desembarque, sendo a dianteira do tipo pantográfica. Elas são apenas duas unidades com os prefixos 146 & 147, que chegaram na época trazendo a pintura vinho que se referia ao serviço metropolitano da Empresa, até então.

Hoje a São Benedito Autovia é responsável pela operação de uma frota composta por 125 veículos para atuação nos segmentos semi-urbano (Região metropolitana de Fortaleza) e rodoviários (Intermunicipal do Ceará). Atualmente, grande parte da frota é formada por veículos semi-novos que apresentam baixa idade média e um bom nível de conservação.

Nenhum comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.