Header Ads

ad

Expresso Gardenia, serviços de qualidade há 55 anos

Nos dias de hoje, a Expresso Gardenia continua se destacando por ser uma empresa verdadeiramente moderna, o que se evidencia por diversos aspectos relacionados à sua atividade. Um desses aspectos é a moderna Central de Atendimento ao Usuário (SAC), que funciona 24 horas e está instalada dentro da própria empresa. Outro é o Call Center, sempre ao alcance de todos os interessados e com atendimento especializado para deficientes auditivos e de voz.

Além disso, a companhia realiza investimentos sistemáticos em treinamento de pessoal e na renovação de sua frota, mantida sempre moderna.

No momento, está sendo implantado o novo Centro de Controle Operacional – CCO –, responsável pelo monitoramento de toda a frota em tempo real, via GPS, pela manutenção dos veículos e também pelo controle das escalas dos motoristas e a padronização de sua conduta.

Está em processo de instalação uma rede Wi-Fi que vai proporcionar aos passageiros, durante a viagem, serviços de entretenimento com filmes, vídeos institucionais, informativos e multimídias diversas. A empresa também marca presença nas redes sociais e busca transferir para seus usuários todos os benefícios e facilidades proporcionados pelos aplicativos de viagem, como telemetria, circuito CFTV e o moderno processo de emissão de bilhetes (Bp-e), que facilita enormemente a compra da passagem e agiliza o embarque do passageiro.

Ainda em relação a passagens, a empresa investiu na implantação dos sistemas de integração de vendas e ERP, venda embarcada e check-in virtual. Todos esses serviços são acompanhados por uma consultoria especializada. 

Segurança, conforto e qualidade são as palavras-chave da equipe de 1.500 colaboradores diretos e indiretos que operacionaliza a frota de 400 veículos, com idade média de sete anos. Para se ter uma ideia da área de abrangência da empresa, basta lembrar que a Gardenia transporta mensalmente cerca de 600.000 passageiros. Seus ônibus rodam mais de 2 milhões e 200 mil quilômetros por mês.

Toda a frota é mantida em 18 garagens próprias. Os veículos são do padrão Executivo e operam com tarifas de transporte convencional. Está sendo avaliada para 2019 a aquisição de modelos semileito e leito, e encontra-se em andamento a instalação de sala VIP no Graal de Perdões-MG.

A Gardenia opera em linhas intermunicipais e interestaduais. São 700 destinos, com 45% de ocupação média ao mês.

O passo a passo da trajetória da Gardenia
A empresa que deu origem à Expresso Gardenia foi fundada em 1964 por João Evangelista Germano. Na década de 1980, já como Expresso Gardenia, ela passou ao controle do atual diretor presidente, Antônio Afonso da Silva. A partir daí, ele se tornou conhecido como Toninho da Gardenia. Formado em Direito pela Faculdade de Direito de Pouso Alegre, também pós-graduado em Administração de Gestão e Governança Corporativa pela Fundação Dom Cabral (2009), Toninho foi, por cinco anos, presidente do SINDPAS – Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado de Minas Gerais. Também foi diretor da FETRAN – Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado de Minas Gerais. Atualmente, é Diretor Financeiro do SINDPAS.

A ascensão da empresa no setor de transporte rodoviário começou em 1965, embora os dois primeiros ônibus só tenham sido adquiridos em 1968. Na década de 1970 foram adquiridas as empresas Sapucaí, Natércia, Expresso São José, Nacional Turismo e Expresso Andradense. Finalmente, em 1983, Toninho incluiu em seus negócios os veículos e as linhas da Viação Gardenia, que já operava em trajetos intermunicipais e interestaduais ligando São Paulo a Minas Gerais.

Em 1994, com o intuito de ampliar suas operações até a capital mineira, a Expresso Gardenia incorporou a ENSA – Empresa Nossa Senhora Aparecida. No fim dessa mesma década, nos anos de 1998 e 1999, a Gardenia adquiriu as linhas das empresas Translavras, Expresso Vera Cruz e Monte Castelo Transporte Coletivo, o que possibilitou a ligação de cidades da região dos Campos das Vertentes e da Zona da Mata, em Minas Gerais, às principais cidades do Estado de São Paulo, inclusive sua capital. Além disso, foi adquirida parte dos ativos da Viação Presidente, ampliando o raio de atendimento da Gardenia a partir de Belo Horizonte para cidades do centro-oeste e sul de Minas Gerais.

Em 2003, a Gardenia adquiriu várias linhas da empresa Coutinho, de Varginha. Em 2004, para ampliar o setor de Itajubá, adquiriu a Sartori, expandindo os serviços que ligam cidades de Minas e São Paulo. Dois anos depois, passou a operar linhas da Viação Presidente, conectando toda área de Passos-MG e Belo Horizonte a Delfinópolis, Itaú de Minas, Cássia, Pratápolis, Patrocínio Paulista, Franca e Ribeirão Preto. Por fim, nos anos de 2013 e 2014, a operadora adquiriu as linhas da empresa Santa Terezinha, de Varginha, e a linha da Viação Coutinho de Cordislândia a Monsenhor Paulo.

Principais linhas interestaduais;

Belo Horizonte-MG x Campinas-SP
Cássia-MG x Franca-SP 
Cássia-MG x Ribeirão Preto-SP
Itajubá-MG x Campinas-SP
Itajubá-MG x Itapira-SP 
Itajubá-MG x Jundiaí-SP 
Itajubá-MG x Ribeirão Preto-SP
Ouro Fino-MG x Campinas-SP
Paraisópolis-MG x Pindamonhangaba-SP
Passos-MG x Franca-SP
Pouso Alegre-MG x Americana-SP 
Pouso Alegre-MG x Campinas-SP
Jacutinga-MG x Itapira-SP

Principais linhas intermunicipais em Minas Gerais;

Belo Horizonte x  Caxambu
Belo Horizonte x Lavras
Belo Horizonte x Itajubá
Belo Horizonte x Pouso Alegre
Belo Horizonte x Cássia
Belo Horizonte x Passos
Belo Horizonte x Alfenas
Belo Horizonte x Poços de Caldas
Belo Horizonte x Varginha
Belo Horizonte x Piumhi
Belo Horizonte x São Sebastião do Paraíso
Belo Horizonte x Guaxupé
Belo Horizonte x São Lourenço
Belo Horizonte x Boa Esperança
Belo Horizonte x Três Pontas 
Belo Horizonte x Ouro Fino
Ouro Fino x Itajubá 
Ouro Fino x Pouso Alegre 
Jacutinga x Itajubá
Pouso Alegre x Itajubá 
Pouso Alegre x Poços de Caldas 
Pouso Alegre x São Lourenço 
Lavras x Varginha 
Maria da Fé x Itajubá
Congonhal x Pouso Alegre 
Pouso Alegre x Monte Sião 

Um comentário:

  1. Alguém sabe se essas linhas intermunicipais que colocaram aí são todas da empresa?

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.