Header Ads

ad

A aparência exótica do Monobloco da Expresso Rio Jaguaribe

Por Fortalbus
A Expresso Rio Jaguaribe era uma tradicional empresa que operava linhas rodoviárias no intermunicipal do Ceará (1977 até 2007). Sua área de atuação abrangia a ligação entre Fortaleza para as cidades da região do Jaguaribe como; Ererê, Quixeré, Jaguaruana, Limoeiro do Norte, Russas, São João do Jaguaribe, Tabuleiro do Norte, Jaguaribe, Jaguaretama, Alto Santo, Pereiro, Iracema, Jaguaribara, São João do Jaguaribe e Potiretama.

Além de sua operação, um dos destaques da Expresso Rio Jaguaribe era sua variada frota composta em sua por veículos com motorização traseira, entre eles o lendário Mercedes-Benz Monobloco com chassi O-371 RSD que ostentava o prefixo 360. O modelo Monobloco fez um enorme sucesso no mercado de ônibus no Brasil, pois o veículo aliava em uma única peça produzida pela Mercedes-Benz, chassi, motor e carroceria.

O monobloco da Expresso Rio Jaguaribe seguiu operando na Empresa durante anos e mesmo apresentando um perfeito estado de conservação, realizava viagens para os destinos mais distantes. Com o passar dos anos, o Monobloco começou a necessitar de peças para reposição de sua carroceria, e com a ausência desses itens, a Empresa começou a realizar a manutenção com peças de outras marcas.

O uso dos faróis dianteiros e traseiros de outras encarroçadoras, alterou por completo a aparência do modelo conceito de ônibus rodoviário com motor traseiro no Brasil. Além da mudança na carroceria, o Monobloco nos últimos anos de operações na Expresso Rio Jaguaribe, ficou conhecido entre os viajantes por conta do barulho ensurdecedor gerado por seu motor. 

Após 30 anos prestando serviços de transporte a população cearense, a Expresso Rio Jaguaribe deixou registado sua participação na evolução em muitos municípios da região, seu legado será sempre lembrado por aqueles mais nostálgicos que pesquisam o setor de transportes de passageiros, e o Mercedes-Benz Monobloco também faz parte dessa história. 

Nenhum comentário

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.