Header Ads

ad

Fretcar deixará de operar na região de Baturité e Quixadá

Por Fortalbus
A Fretcar Transportes Rodoviários Ltda decidiu por não participar do processo de renovação das operações de suas linhas que fazem parte do lote 2, referente as bacias do Maciço de Baturité (Serra) e Quixadá (Sertão Central). Essa decisão ocorreu no momento em que as atuais empresas operadoras juntamente com a ARCE, estavam trabalhando para renovar os contratos licitatórios para o período 2019-2029. 

A licitação ocorrida em 2009, permitia que as empresas vencedoras explorassem as linhas e os lotes por um período de 10 anos (2009-2019), podendo ocorrer uma renovação de contrato por mais 10 anos (2019-2029), caso as empresas desejassem continuar operando no sistema intermunicipal rodoviário do Ceará. 

Caso ocorrendo a não renovação de um ou mais contratos, as linhas e os lotes voltam para as mãos do Estado do Ceará, para o órgão regulador no caso a ARCE, definir uma solução futura para manter a operação do sistema. Isso ocorre por um chamamento público de uma nova licitação do lote ou uma divisão das linhas entre as demais empresas em condições financeiras saudáveis operar apenas em caratér emergencial de tempo.  

O encerramento da Fretcar nessas linhas se deve a baixa viabilidade econômica para manter esse atendimento. Essa região foi a que mais sofreu com a queda no número de passageiros transportados no intermunicipal cearense, além da concorrência com o transporte alternativo e a forte presença do transporte clandestino, que se aproveitam da total ausência de fiscalização ou conivência do Estado em não exigir as mesmas regras para aqueles que trabalham no transporte intermunicipal cearense. 

A Fretcar Transportes não é a única a sofrer da mesma situação de inoperância do Estado. Outras empresas estão tendo dificuldades em fechar o seu caixa todo mês, promover grandes investimentos na melhoria da frota e até na manutenção dos serviços. 

Muita gente gosta de criticar que o intermunicipal cearense está nas mãos de poucas empresas, mas são essas empresas que estão fazendo de tudo para manter a operação do transporte em dia, mesmo com toda essa precariedade financeira que estão lhes afligindo.

Antes o intermunicipal do Ceará, tinha várias empresas de ônibus rodoviários e muitas delas com poucos ônibus na frota, mas nessa época elas operavam com uma tarifa que cobria todos os custos e também não tinham essa multidão de carros e micro-ônibus transportando pessoas clandestinamente por qualquer preço, levando passageiros que abrem mão de sua segurança em troca de pequenas vantagens.

Basta observar, ninguém ver a presença dos órgãos reguladores do Estado do Ceará fiscalizando o transporte alternativo, seja fiscalizando se os equipamentos de seguranças estão em dia ou se as mesmas seguem as leis de trânsito. Mas contra as empresas ocorrem todo rigor, ao ponto de cobrar e multar as operadoras por uma temperatura de ar condicionado, por exemplo.

O transporte de passageiros por ônibus está sofrendo um colapso, seja em qualquer segmento. Onde muitas formas de transportes e até plataformas estão ingressando no mercado sem dá a devida responsabilidade e benefício ao passageiro, visando apenas o lucro sem gerar nada de retorno ao viajante.

Lamentamos a saída da Fretcar Transportes do Lote 2, mesmo sabendo que a Empresa já alertava pela não renovação dos contratos devido as condições viáveis para manter suas operações como o passageiro merece.

A Fretcar Transportes Rodoviários segue operando no Lote 5 (Itapipoca-Acaraú), pois esse contrato só vencerá em Dezembro 2020, quando a Empresa verá se deseja renovar novamente o compromisso com o intermunicipal cearense.

Linhas da Fretcar Transportes no lote 2 que vão deixar de ser operadas pelas Empresa;

Fortaleza x Guaramiranga
Fortaleza x Baturité
Fortaleza x Guaramiranga via CE-060
Fortaleza x Aratuba
Fortaleza x Gado dos Ferros
Fortaleza x Milhã
Fortaleza x Solonópole
Fortaleza x Pedra Branca
Fortaleza x Mombaça
Fortaleza x Piquet Carneiro
Fortaleza x Ideal
Fortaleza x Banabuiú
Fortaleza x Senador Pompeu
Fortaleza x Quixeramobim
Fortaleza x Pacoti
Fortaleza x Palmácia
Fortaleza x Dep. Irapuan Pinheiro
Quixadá x Limoeiro do Norte

Observação:
Até que a ARCE defina o futuro das linhas do Lote 2, as linhas serão divididas regionalmente e operadas em caráter emergencial através das empresas Expresso Guanabara e Viação Princesa. Mas o órgão regulador ainda não definiu as regiões e nem as regras dessa mudança temporária.

3 comentários:

  1. E realmente lamentável, as empresas de ônibus serem exigidas pelos órgãos públicos em vários requisitos, enquanto os transportes clandestinos circulam por várias regiões do estado sem fiscalização das autoridades competentes do transporte público, alguns desses transportes clandestinos chegam até mesmo a arriscar a vida de passageiros, eu posso dizer isso por que ja ultilizei esse tipo de condução uma vez e pra nunca mais!

    ResponderExcluir
  2. Ja estava a tempo em algumas linhas carros sujos danificados por dentro emfim

    ResponderExcluir
  3. Já era tempo de fretcar deixar o sigmento de transporte municipal

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.