Header Ads

ad

Mercedes-Benz e Caio exportam ônibus em configuração diferenciada

A Mercedes-Benz comercializou nove chassis de ônibus para a empresa Busbedrijf S. Badjalala, do Suriname, seu mais novo cliente na América do Sul. Os veículos serão utilizados para fretamento e vão operar no transporte de funcionários de uma mineradora no país.  

“Nossos novos clientes ficaram muito satisfeitos pela maneira com que conduzimos os processos durante a fase das negociações e também com todos os detalhes do rigoroso controle de qualidade da nossa produção quando visitaram a fábrica de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo”, diz Márcio Querichelli, diretor geral do Regional Center Daimler Latina Caminhões e Ônibus, responsável pelas operações de exportação em toda a América Latina. “Por isso, a escolha pela nossa marca e a confiança na nossa Empresa para as operações de transporte de seus funcionários”. 

Os ônibus começaram a operar neste mês de outubro, buscando os empregados no porto e levando-os até a mineradora em seus postos de trabalho. Os chassis escolhidos pelo cliente são do modelo OF 1730, que podem ser utilizados também no segmento urbano, de turismo e escolar. Os veículos foram equipados com carroceria Apache VIP IV da Caio Induscar com capacidade para 44 passageiros em assentos reclináveis, além de pneus off-road, uma vez que passarão por vários trechos de terra. Os ônibus receberam também adequações no trem de força para melhorar o desempenho dos ônibus ao enfretar rotas com muitas subidas e descidas na área de mineração. 

“Com isso, mostramos que a Mercedes-Benz, muito mais do que apenas fornecer ônibus, também prepara os veículos de acordo com as necessidades e demandas de seus clientes, a fim de melhor atendê-los. Seguimos agora com uma forte relação entre os dois países e queremos continuar como grandes parceiros daqui para frente, fazendo parte de sua história”, conclui Querichelli.

Um comentário:

  1. E aquele ônibus ali por trás, pra quem será a empresa do sit-for que adquiriu?

    ResponderExcluir

O Fortalbus se reserva no direito de selecionar os comentários.