quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Novos Mercedes-Benz na São José Transportes

Por Fortalbus
No quesito renovação de frota, os produtos Neobus continuam na preferência numa das maiores empresas de transporte coletivo da capital cearense. E o Mega Plus, principal modelo do segmento urbano produzido pela marca, se configura como o carro chefe nas recentes aquisições da São José Transporte Urbano.

Na empresa, estes são os primeiros Mercedes-Benz encarroçados com o modelo Mega Plus, configuração que inclui o chassi OF-1519 Euro 5. Com dimensões idênticas ao que já circulam na cidade, porém, sobre Volkswagen 15.190, as novas unidades trazem agora a nova padronização visual dos ônibus de Fortaleza.

Lançado há um ano, a atual geração do Mega traz elementos que são tendências entre as carrocerias para ônibus urbano no Brasil, aliando versatilidade e menor custo de manutenção. Desde dezembro de 2013, quando a São José Transporte Urbano trouxe os primeiros Mega Plus do Ceará, já incluiu em sua frota veículos que reforçam o compromisso da renovação do transporte público da nossa cidade.
Novas unidades Mercedes-Benz OF-1519

Fortaleza terá 7 corredores exclusivos de ônibus

Os usuários de transporte público de Fortaleza contarão, até o fim de 2018, com sete corredores exclusivos para ônibus: Antônio Bezerra/Papicu; Parangaba/Papicu; Fernandes Távora/Av. Expedicionários; Augusto dos Anjos/José Bastos; BR-116/Aguanambi; Perimetral/Juscelino Kubitscheck e Anel Expresso/Leste-Oeste. Além disso, serão mais 122 quilômetros de faixas preferenciais.

Segundo o cronograma de obras da Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza (Seinf), o primeiro a entrar em operação ligará o Terminal do Antônio Bezerra ao Papicu. O trecho Antônio Bezerra/Centro começa a funcionar em outubro. O percurso completo de 16 Km entrará em operação até o fim de 2015.

O trecho inicial compreende as avenidas Mister Hull, Bezerra de Menezes (via com paradas no canteiro central), Domingos Olímpio, Tristão Gonçalves, Imperador e Meton de Alencar.

As obras na Bezerra de Menezes, de acordo com o titular da Seinf, Samuel Dias, estão dentro do cronograma. "Esse corredor terá oito ônibus articulados e mais 238 ônibus convencionais na primeira fase de instalação do sistema", informa. Segundo ele, até setembro, os veículos articulados chegarão à Capital. Eles tem entrada dupla (pela direita e esquerda), ar condicionado e até 142 lugares, sendo duas vagas para cadeirantes.

Em outubro, também está previsto o funcionamento da faixa preferencial das avenidas Domingos Olímpio e Antônio Sales. "Isso já em adequação para operação do segundo trecho do corredor total. Vai depender da obra do viaduto da Engenheiro Santana Júnior/Antônio Sales. Então, até o fim de 2015, o percurso total desse corredor está em operação", garante.

O segundo corredor a entrar no sistema será o Parangaba/Papicu até o fim de 2015. O trecho passará pela Via Expressa, Raul Barbosa, Alberto Craveiro (com paradas no canteiro central), Dedé Brasil e Paulino Rocha. "Este já está em execução e parte dele foi para a Copa do Mundo", diz.

Trabalhos
As obras de outros três corredores devem começar no primeiro semestre de 2015. Entre eles, estão Fernandes Távora/Expedicionários, que liga o Terminal do Conjunto Ceará ao Centro, passando pela Parangaba; Augusto dos Anjos/José Bastos, que interligará o Terminal do Siqueira ao Centro e o BR-116/Aguanambi, com percurso Messejana/Centro. A meta é que comecem a operar até fim de 2016.

As obras dos dois últimos devem iniciar no segundo semestre de 2016, sendo concluídas até o fim de 2018. O Perimetral / Juscelino Kubitscheck tem extensão de 22 quilômetros e passa pela Avenida Perimetral. Já o corredor Anel Expresso/Leste-Oeste, passa pela Raul Barbosa, circunda a área central da cidade até a Avenida Leste-Oeste, nas proximidades da Escola de Aprendizes Marinheiros, no Jacarecanga.

O presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira, comenta que oferecer um transporte público de qualidade, com previsibilidade de horário e rapidez entre as viagens, é um dos grandes desafios dos gestores quando se fala em mobilidade urbana.

"Em Fortaleza, uma das estratégias utilizadas para enfrentar o problema é a implantação de corredores exclusivos e faixas preferenciais para ônibus e isso só trará mais conforto ao usuário", avalia Barreira.

União vai liberar  R$ 611 milhões
O Ministério das Cidades assegurou à Prefeitura de Fortaleza, por meio de publicação no Diário Oficial da União de ontem, recursos de R$ 611 milhões para três corredores: BR-116/Aguanambi, Primeiro Anel Expresso e Perimetral/Juscelino Kubitscheck. 

Na lista de intervenções, está prevista a construção de um túnel, ligando a Av. Domingos Olímpio à Av. Antônio Sales, eliminando os semáforos.

O projeto do corredor BR-116/Aguanambi prevê ainda passarelas e reforma e ampliação do Terminal de Messejana. As obras contarão com R$ 250 milhões, 50% financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e 50% do governo federal. Já o Primeiro Anel Expresso terá R$ 189 milhões, enquanto o Perimetral/Juscelino Kubitscheck, R$ 297 milhões.

Corredores expressos de ônibus

1. Antônio Bezerra/Papicu
Passará pelas avenidas Mister Hull, Bezerra de Menezes, Domingos Olímpio, Tristão Gonçalves, Imperador e Meton de Alencar

2. Antônio Bezerra/Papicu
Passará pelas avenidas Mister Hull, Bezerra de Menezes, Domingos Olímpio, Antônio Sales e Eng. Santana Jr. Até o Terminal do Papicu

3.Parangaba/Centro
Vai do Terminal da Parangaba, passa pela Via Expressa, Raul Barbosa, Alberto Craveiro, Dedé Brasil e Paulino Rocha

4. Fernandes Távora/Avenida Expedicionários
Liga o Terminal do Conjunto Ceará até o Centro

5. Augusto dos Anjos/ José Bastos
Liga o Terminal do Siqueira ao Centro

6. BR-116/Avenida Aguanambi
Liga Messejana ao Centro

7. Perimetral/Juscelino Kubitscheck
Liga os terminais de Messejana e Antônio Bezerra, via Avenida Perimetral

Fortaleza: Novas faixas exclusivas de ônibus são ignoradas

O funcionamento das faixas exclusivas para transporte coletivo nas avenidas Carapinima e da Universidade, não foi observado pela maioria dos motoristas. Apesar da ampla divulgação e da sinalização no asfalto, era comum ver carros nas áreas destinadas a ônibus e até mesmo coletivos nas faixas para veículos particulares.

Para o autônomo Paulino Cavalcante, que dirigia pela Av. Carapinima, as faixas só funcionarão como devem se houver fiscalização. “Se tiver quem multe, pode ser que melhore”, disse. Para ele, os engarrafamentos são constantes no local e os trechos exclusivos podem melhorar o tráfego. “Da Av. Domingos Olímpio até a 13 de Maio eu levei 20 minutos. É bom dividir o espaço para ônibus e carros para o trânsito fluir melhor”, diz.

O motorista de ônibus Francisco das Chagas espera que as alterações surtam efeito, mas é cético. “Talvez fique melhor, se os motoristas respeitarem”, opina.

Segundo a Etufor, os próximos 30 dias serão de adaptação, enquanto os equipamentos de fiscalização são implantados. Depois, serão notificadas as infrações em caráter educativo por mais um mês e, só então, as multas serão aplicadas.

Apenas ônibus, vans e táxis poderão trafegar nas faixas exclusivas. A exemplo do que já acontece no binário das avenidas Santos Dumont e Dom Luís e na Av. Bezerra de Menezes, os demais veículos poderão acessar os trechos por até 100 e 300 metros, de acordo com a sinalização, para fazer a conversão à direita ou estacionar.

Na Avenida da Universidade, o trecho exclusivo vai da Rua Padre Cícero à Av. Domingos Olímpio, com 1,5 Km de extensão. Entretanto, devido ao maior fluxo de veículos, entre as ruas Paulino Nogueira e Juvenal Galeno, existem duas faixas apenas para coletivos. Segundo a Etufor, serão beneficiadas 42 linhas de ônibus no trecho.

Já na Av. Carapinima, as faixas foram instaladas nos dois sentidos num trecho de 2,9 Km, entre a Rua Padre Francisco Pinto e a Av. Duque de Caxias, onde passam diariamente 37 linhas de ônibus. Entre a Rua Juvenal Galeno e Av. 13 de Maio, também são duas faixas exclusivas.

As paradas de ônibus também foram redimensionadas no trecho com as faixas exclusivas. Com isso, conforme a Etufor, alguns pontos foram desativados e implantados em outros locais. 
Com informações: Diário do Nordeste

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Nova frota Mascarello na Viação Santa Cecília

Por Fortalbus
Contribuindo para a renovação dos veículos que atuam no transporte coletivo de Fortaleza, a Viação Santa Cecília está incluindo mais unidades zero quilometro em sua frota urbana. A novidade fica por conta do modelo inédito para o norte-nordeste que foi recentemente lançado no mercado pela carroçadora paranaense Mascarello.

Os novos veículos somam-se aos primeiros veículos 2014 adquiridos pela empresa, dos quais já se encontram em circulação pela cidade. Desta vez, com um desenho renovado para a atual carroceria padrão na Viação Santa Cecília, o modelo traz elementos estéticos diferenciados, deixando-o mais moderno e com uma aparência refinada, onde os detalhes se destacam no novo conjunto óptico dianteiro, para-choques em desenhos congruentes, lanternas traseiras com linhas inovadoras.

A reestilização não se aplica apenas ao visual externo, mas também ao interior que promove um ambiente mais agradável, equipado com elementos que facilitam a limpeza e dão mais conforto aos passageiros. A iluminação contínua por todo o corredor é totalmente em led, já as poltronas possuem almofadas para um maior conforto, além do piso revestido que reduz o nível de ruído na carroceria.

Assim como as primeiras unidades Mascarello de 2014, estes também possuem chassis Volkswagen, porém, do modelo 15.190 OD Euro 5, mais curto em relação aos demais. O chassi equipado com sistema EGR de tratamento de gases não requer utilização de Arla 32.

Renovando com Mascarello desde 2009, a Viação Santa Cecília vem reduzindo consideravelmente a idade média de sua frota, que com a chegada destes novos ônibus, irá desativar unidades de fabricação 2006 a 2008. Ainda para este segundo semestre, a empresa colocará em circulação seu primeiro articulado, veículo que seguirá o padrão BRT para o novo sistema a ser implantado na cidade de Fortaleza.

Via Metro adquire ônibus com ar condicionado

Por Fortalbus
Dias depois da realização de audiência pública sobre a licitação no sistema de transporte metropolitano, que está a cargo do Detran-CE, a Via Metro, responsável por linhas que ligam as cidades de Maracanaú a Fortaleza, anunciou a aquisição de novos veículos com ar condicionado para incorporar à sua frota e ofertar mais comodidade aos seus usuários.
Planta disponibilizada pela empresa (Foto: Reprodução Twitter)
O equipamento é uma das exigências previstas na licitação, que visa remodelar e modernizar a prestação de serviço por ônibus na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo a empresa, foram adquiridas duas unidades do modelo Neobus Mega, com chassi OF-1721 Euro V, climatizados. Os novos veículos deverão operar na linha 350 - Novo Maracanaú, onde os usuários passarão a ter viagens com mais conforto, melhorando consideravelmente a qualidade do serviço prestado.
© 2010-2014. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados