domingo, 28 de agosto de 2016

Viação Brasília e sua história paralela com o crescimento de Juazeiro do Norte

Por Fortalbus
Criada em 1958, a Viação Brasília surgiu através da iniciativa do empresário cearense Raimundo Ferreira, fundador de um dos Grupos Empresariais mais bem sucedidos do nordeste, o GERF – Grupo Empresarial Raimundo Ferreira. 

Curiosamente, a primeira sede da Viação Brasília foi constituída na cidade de Cajazeiras-PB, que inicialmente com apenas três ônibus ligava o nordeste à São Paulo uma vez por semana. Mais tarde, nos anos de 1960, passa a ligar as cidades do nordeste para a nova capital federal, fazendo jus ao nome da empresa. 

Paralelamente as linhas interestaduais, a Viação Brasília passa a atuar no segmento intermunicipal do Cariri ainda na década de 1970, através da aquisição das linhas Juazeiro/Barbalha e Juazeiro/Crato. Após o fim da fase interestadual na década de 1980, a Viação Brasília permanece no transporte intermunicipal mantendo sua estrutura e sede em Juazeiro do Norte. 

Até o ano de 2009, a Empresa prestou serviços de transporte para as principais cidades do Cariri como Barbalha, Crato e Missão Velha. Com o encerramento das atividades, suas linhas foram repassadas para a operação da Via Metro através de uma licitação pública estadual.

sábado, 27 de agosto de 2016

O Irizar PB da Santa Terezinha Viagens

Por Fortalbus
Equipado com diversos itens de conforto para atender os clientes mais exigentes, A Santa Terezinha Viagens é uma das mais conceituadas empresas de transporte de turismo e fretamento do Ceará. Na sua frota um veiculo ganha destaque por sua modernidade no padrão internacional, o modelo Irizar PB. O veículo de prefixo 907 é montado sobre o robusto chassi Scania K380 com 14 metros de comprimento. 

Além dos modernos ônibus de última geração, a Santa Terezinha possui também em sua frota, micro-ônibus e vans executivas, atendendo desde o transporte de funcionários ao turismo por todo o território nacional.

Sempre servindo bem seus clientes com rapidez, segurança e eficiência que se tornou uma das características que identificam os serviços da Santa Terezinha Viagens, que têm como denominador comum um trabalho altamente profissional.  

Com sede em Fortaleza, a Santa Terezinha, surgiu de um sonho do empresário Milton Bezerra Junior, que durante 20 anos atuou na área de transporte urbano de passageiros, na Transportadora Irmãos Bezerra, de sua família.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Os Maxibus Lince 3.25 no transporte cearense

Por Fortalbus
Com o visual forte do seu design externo, o Maxibus Lince 3.25 conquistou um pequeno, mais notável mercado no transporte cearense. A Transcetur (Transportadora Cearense e Turismo Ltda) e o IFCE (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia), apostaram na marca e hoje possuem exemplares deste modelo em suas frotas, com chassi Volkswagen 17-230 EOD.

Os veículos são conhecidos por exibirem uma grade frontal em estilo automobilístico formando um conjunto harmonioso e belo, com seus três faróis alinhados e acoplados simetricamente. envolvido pela ampla grade de acesso ao motor dianteiro e a manutenção do veículo. Vigias superiores em quíntupla no alinhamento acima do pára-brisa, bem como na parte de trás do veículo, com faróis de neblina na linha inferior do pára-choque dianteiro. 

Outro grande detalhe do Lince 3.25, é a concepção de suas bancadas, elevando a qualidade de suas poltronas em relação ao conforto, podendo atingir até 48 lugares. Internamente os veículos contam com porta-pacotes com luzes individuais e campainha num bloco único, luzes internas de boa iluminação, porta pantográfica com eixo em vértice lateral, e sanitário.

Pular catraca é algo muito comum nos ônibus de Fortaleza e o uso de catracas mais altas já foram estudadas

Por Fortalbus
“Pular catraca” para andar de ônibus sem pagar passagem não é coisa rara em Fortaleza. A ação de alguns passageiros que pulam as catracas dos ônibus não tem apenas influenciado negativamente os cálculos do sistema de transporte como afeta também a rotina de motoristas e cobradores que não podem fazer nada, correndo o risco de serem agredidos. 

Para inibir este prejuízo, várias tentativas foram colocadas em prática, desde um novo modelo de catraca que já foi testado, além de câmeras de segurança instaladas nos veículos, mas a presença do equipamento não inibe a ação. 

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus), Dimas Barreira, já explicou que muitas linhas “tem problemas sérios” com a ação de usuários que cotidianamente transpõem a catraca. “Muitas gangues fazem isso e acuam cobradores. É necessário pensarmos em alternativas”, defende.

Há um ano atrás, a Vega Transportes, operou por um curto período com um veículo munido com uma dupla catraca, visando oferecer mais segurança aos usuários da linha 645 - João Paulo II, que liga o bairro ao Terminal de Messejana. A linha acumula até hoje constantes registros de evasão de receitas.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O Ciferal Líder da Expresso Senador

Por Fortalbus
O anúncio data do final da década de 70, onde a Empresa Senador recebe um luxuoso Ciferal Líder com motor Mercedes-Benz. Nas imagens, o proprietário Salomão Ferreira Lima recebe as chaves do novo ônibus pela antiga concessionária Importadora do Nordeste.

Fundada em 1971 no município cearense de Senador Pompeu, a empresa foi pioneira no atendimento de transportes de passageiros para os municípios adjacentes como Acopiara, Iguatu, Icó, Ipaumirim, Aiuaba e Saboeiro.

Quatro anos após o inicio de suas atividades, já possuía uma frota de 6 veículos, colocando a disposição de seus passageiros, carros especiais para percorrerem a cidade e os distritos de municípios de Senador Pompeu. Suas principais linhas intermunicipais eram Aiuaba / Iguatu, Aiuaba / Quixelô e Senador Pompeu / Ipaumirim.

A Senador encerrou suas atividades no ano de 2003, quando deixou de operar em linhas intermunicipais, transferindo-as para a Empresa Jangadeiro.

Preço da passagem de ônibus intermunicipais devem sofrer reajuste no Ceará

O preço da passagem intermunicipal no Ceará deve sofrer reajuste nas próximas semanas. De acordo com o coordenador de transportes do Detran, órgão que avalia a necessidade de aumento nas taxas, Joaquim Rolim, os reajustes já estão previstos em contrato, mas a porcentagem de aumento é definida com base nos índices de inflação do ano e no aumento do preço dos combustíveis. 

O reajuste é feito de acordo com o previsto no contrato baseado na variação de índice inflacionário, os grandes índices considerados são IPCA e outro que acompanha a inflação. São ponderados em função do aumento do diesel e da inflação.

Os contratos do governo com as empresas de ônibus também preveem, a cada três anos, reajustes mais completos, segundo o coordenador, que levam em consideração, além dos índices inflacionários, os preços de pneus, peças e salários dos funcionários.

Após a realização dos estudos pelo Detran, o órgão envia a documentação com o provável reajuste à agência reguladora do estado. As empresas só podem praticar os novos preços após a aprovação e liberação da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arce).

Antonio Ferreira de Azevedo da Santa Cecília Transporte recebe homenagem da NTU

A NTU – Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos homenageou, os agraciados à Medalha do Mérito do Transporte Urbano Brasileiro 2016.

Antônio Ferreira de Azevedo, presidente do Conselho Deliberativo do Sindiônibus , membro do Conselho do Vale-Transporte e do Conselho Gestor de Cooperação, estava entre as personalidades que mereceram o reconhecimento do trabalho de atuar em prol do transporte público de passageiros do Brasil. Ele foi homenageado na categoria empresário, no Seminário Nacional NTU – Transporte Público Como Direito Social.

Saiba mais sobre Antônio Ferreira de Azevedo
Nasceu em Fortaleza em 3 de julho de 1949, fruto da união de Manoel Ferreira de Azevedo (O Manelito Grande) e Dona Arlinda. Cresceu distante do Centro em um terreno grande que também acomodava os primeiros ônibus comprados pelo pai.

Formou-se engenheiro químico pela Universidade Federal do Ceará em 1976 e se especializou em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade de Fortaleza.   Em eleição direta da família, realizada em 1985, assumiu o controle da Santa Cecilia Transportes, onde permanece até hoje.

Tomou gosto pelo setor, tornando-se presidente do Sindicato das Empresas de Transporte  de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), entre os anos 1987 e 1993. Criou o jornal “Rodando“ e construiu a sede do sindicato em Fortaleza. Em 1999, retornou à presidência, onde permaneceu até 2002.

Seu quarto mandato começou em 2008. Nesse período implantou o rastreamento das viagens, a utilização das câmeras de segurança nos ônibus – em convênio com a Secretaria de Segurança do Estado e também adotou o programa “Alô Sindiônibus”, que permitiu a participação dos passageiros no sistema de transporte.
© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados