quinta-feira, 28 de julho de 2016

Linha (026) Antônio Bezerra/Messejana passa a operar no Corredor Expresso Fortaleza

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) informa que, a partir deste sábado (30/07), a Linha 026 – Antônio Bezerra/Messejana passa a realizar o embarque e desembarque nas estações do Corredor Expresso Fortaleza na Avenida Bezerra de Menezes. A linha conta com frota de 13 ônibus pesados com capacidade para 90 pessoas, com demanda de 9.525 passageiros/dia e intervalo de oito minutos.

Com a nova operação, a Linha 026 – Antônio Bezerra/Messejana passa a utilizar a faixa dois do corredor ao lado do canteiro central. No sentido Antônio Bezerra/Papicu, a linha passa por pequena alteração no itinerário, trafegando pela Rua Meton de Alencar, Av. Tristão Gonçalves, Av. Duque de Caxias, a fim de passar pela estação Mercado São Sebastião. O trajeto não passa mais pela Av. Pe. Ibiapina e Duque de Caxias. Não haverá alteração no sentido Papicu/Antônio Bezerra. As estações funcionam de 5h às 23h, de segunda a sábado. Entre 0h e 5h e aos domingos e feriados, os usuários da linha 026 – Antônio Bezerra/Messejana devem utilizar os abrigos.

Com um ano de funcionamento, o Corredor Expresso Fortaleza já alcançou um ganho de 90,7% de velocidade dos ônibus nos horários de pico de dia útil, pela manhã e à tarde, saindo de 10,5 km/h para 20,03 km/h, segundo o relatório de monitoramento da Etufor. Agora, as estações estão em pleno funcionamento com a operação de três linhas: 200 – Antônio Bezerra/Centro, 222 – Antônio Bezerra/Papicu/Antônio Sales e 026 – Antônio Bezerra/Messejana.

Os usuários devem utilizar as estações por meio das portas do lado esquerdo dos ônibus. Com a possibilidade do embarque e desembarque em nível, na estação, os usuários ganham mais agilidade, reduzindo ainda mais o tempo de viagem dos coletivos. A entrada e saída das estações são realizadas pelas rampas que ficam próximas aos abrigos. A sinalização orienta por onde os passageiros devem seguir inclusive com piso podotátil. As estações são dotadas de sistema de automação que viabilizam as portas automáticas de maneira sincronizada com a chegada e saída dos veículos.

O Volksbus 17.210 EOD de testes em Fortaleza

Por Fortalbus
Atualmente, as empresas do ramo de transporte de passageiros do Ceará avaliam novos chassis em suas frotas, seja ela urbana ou rodoviária. Há alguns anos atrás, a Volkswagen também testou um veículo nas empresas da capital cearense, era o Volksbus 17.210 EOD.

Lançado em 2004, a segunda versão do 17.210, agora com motorização eletrônica Euro III, deu continuidade à boa aceitação dos chassis de ônibus Volkswagen em todo o território nacional. No Ceará, os ônibus da marca já estavam presente na maioria das empresas dos segmentos urbano, rodoviário e metropolitano, e, com a nova linha de chassis lançados naquele ano, ampliava a gama de produtos da marca, mostrando sua evolução ao longo de uma década fabricando ônibus.

Dentre as novidades do novo 17.210, estavam o novo motor MWM 6.12TCE Turbo e intercooler com 6 cilíndros em linha gerando 206 cv de potência, menos poluente e de acordo com as normas de emissões Conama V (Euro III). O tacógrafo digital agora era de série, instalado em qualquer parte do painel. O chassi podia ter 5,18m ou 5,95m de entre-eixos, já sua transmissão EATON vinha equipada com 5 marchas à frente sincronizadas mais uma ré. Confira ficha técnica completa do Volksbus 17.210 EOD

Emplacado no estado de São Paulo, o Torino “EOD” chegou ao Ceará com as características dos ônibus usados em Fortaleza. Em meados de 2005, o mesmo passou por um curto período de avaliações nas empresas Transpessoa, Santa Maria e Vega. Após passar por estas empresas, foi adquirido pela Maraponga Transportes, onde ganhou o prefixo par 26432, ficando definitivamente na empresa até meados de 2009. 

O chassi 17.210 EOD foi produzido entre 2004 e 2006, sendo substituído pelo 17.230 EOD. Das empresas que testaram o veículo, apenas Maraponga e Vega chegaram a adquirir novos Volksbus 17.210 para suas frotas. Quando em linha de produção durante pouco mais de dois anos, outras empresas também adquiriram o 17.210 EOD com carrocerias de aplicação urbana e rodoviária.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Empresas de ônibus fazem sucesso no fretamento executivo da Siderúrgica do Pecém

Por Fortalbus
Na usina siderúrgica do Pecém, estão trabalhando neste momento cerca de 8.500 pessoas. Essa multidão precisa de ir e vir, diariamente, do trabalho para a casa, principalmente no percurso entre Fortaleza e Pecém. Para que se tenha uma ideia do que isso representa, basta observar o investimento feito pelas Empresas de ônibus Gertaxi e RCR Locação no inicio do ano. Ambas tiveram que ampliar e renovar suas frotas de ônibus executivos para atender essa nova demanda. 

A Gertaxi hoje é a maior operadora no fretamento do Pecém, seu sucesso se deve ao poder da sua marca, já consolidada como empresa referencia no segmento de transporte de pessoas, oferecendo uma variada frota de veículos dos tipos urbanos, micros, rodoviário executivo e rodoviário semi-leito turismo. Hoje a empresa opera com cerca de 100 ônibus, todos com ar condicionado e poltronas reclináveis, só para atender à usina.

Eles vão e voltam, todo dia, de Fortaleza para o Pecém, levando pessoas que trabalham na usina siderúrgica e que residem em diferentes áreas de Fortaleza. É uma logística que conta, ainda, com outras empresas de ônibus que atendem à Companhia Siderúrgica do Pecém, a CSP.

Outra empresa que marcou presença na região foi a RCR Locação, uma das maiores operadora de transporte de fretamento e turismo do Nordeste, que recentemente adquiriu 21 unidades do micro-ônibus Marcopolo Senior Turismo. Todos esses veículos são utilizados exclusivamente para o fretamento executivo do Porto do Pecém. 

Além das grandes empresas regionais, o Porto do Pecém é visto como um horizonte positivo para muitas outras empresas de ônibus, que iniciaram suas operações de forma tímida e hoje estão se profissionalizando e crescendo junto com os negócios relacionados à Companhia Siderúrgica do Pecém.

Braço operacional da Viação Princesa comemora três anos de atuação no transporte interestadual

Por Fortalbus
Há três anos, um braço operacional da Viação Princesa, empresa que opera no transporte intermunicipal de passageiros no Ceará, assumia a linha que liga as capitais João Pessoa (PB) e Recife (PE). As operações da Empresa cearense nestes estados foi possível graças a negociações de compra da Viação Bonfim, empresa sediada na capital paraibana.

A Princesa logo de cara chegou operar com sua marca, mas sempre avisando aos seus passageiros que estava a serviço da Bonfim, isso porque a Princesa ainda estava em processo de transição juntos aos orgãos federais, já que todos as linhas interestaduais é uma concessão pública através de permissões. Mas diante do apego de seus clientes, a Princesa resolveu de vez adotar a marca Bonfim, desta vez dando enfase que os passageiros desfrutem de uma frota totalmente renovada. 

Outro grande passo da Viação Princesa com essa aquisição é o credenciamento da empresa nas operações das linhas entre estados, através das licenças operacionais ofertadas pela ANTT. Tendo a frente o grupo FF Participações, do empresário Chiquinho Feitosa, a Viação Princesa foi originada da Expresso Canindé. Hoje, a Princesa atua em mais de 60 municípios cearenses com uma das frotas mais novas do estado.
Empresa Viação Bonfim
A linha João Pessoa x Recife possui aproximadamente 120 km de extensão, trecho realizado pela Viação Bonfim desde o final da década de 1940, quando foi adquirida pelo seu fundador, Severino Camelo. 

Durante as décadas de 50 e 70, a Bonfim consolidou-se com uma das maiores empresas de transporte da Paraíba, porém, anos mais tarde ficaria operando apenas com sua principal e mais rentável concessão, a João Pessoa x Recife. Nos últimos anos antes da compra pela Princesa, sociedades e tentativas de aquisição da sua única linha não foram bem sucedidas.

A nova fase com a Total Transportes
Conhecida no trecho por sua frota de ônibus 100% Marcopolo e Mercedes-Benz, a Viação Total chegou demostrando o amadurecimento do grupo neste novo tipo de operação rodoviária, visando sempre a melhoria no atendimento ao seu cliente.

A Viação Total iniciou suas operações em Maio/2015, interligando as capitais nordestinas de João Pessoa(PB), e Recife(PE). Uma viagem a ser desfrutada com total comodidade e conforto, em um deslocamento de aproximadamente duas horas de duração.

Agora a Viação Total também modernizou o seu layout, exibindo em seus ônibus um design limpo, através de uma combinação inteligente de cores e elementos gráficos. A Viação Total oferece aos seus clientes, 15 horários por dia, contando com veículos atualizados tecnologicamente, conduzidos por motoristas extremamente profissionais e capacitados para executar uma boa viagem.

A Empresa possui pontos de apoio nos pontos iniciais e finais da linha para perfeita manutenção, limpeza e estadia de sua frota e de seus motoristas. São realizadas manutenções preventivas periodicamente em todos os veículos da frota para garantir um bom funcionamento dos mesmos com intuito de oferecer aos passageiros uma excelente viagem. 

Marcopolo exporta veículos Double Decker para a Bolívia

A Marcopolo acaba de fechar novo contrato para a exportação de ônibus para a operadora de transporte Flota Bolivar, de Cochabamba, na Bolívia. As seis unidades do modelo Paradiso 1800 Double Decker (dois pisos) serão utilizadas em rotas interestaduais naquele país.

A Bolívia tornou-se um forte mercado consumidor de ônibus Double Decker na América do Sul. “A venda demonstra a imagem de confiabilidade, robustez, segurança e conforto do Paradiso 1800 DD em todos os países da América do Sul. A aplicação dos DDs cresce a cada ano pelas vantagens que oferecem para os passageiros e também para os operadores”, destaca Ricardo Portolan, gerente de exportação da Marcopolo.

De acordo com o diretor de operações comerciais e marketing da Marcopolo, Paulo Corso, os ônibus Paradiso 1800 DD produzidos para a Flota Bolivar têm 15 metros de comprimento total e duas configurações de chassi (Mercedes Benz O500 RSD 2742 e Volvo B450R), ambas com capacidade para 12 passageiros no piso inferior e 31 pessoas no piso superior, em poltronas leito com descansa-pés. “Os veículos contam ainda com suspensão pneumática, espelhos retrovisores externos elétricos, duas geladeiras, sistema de monitoramento, ar-condicionado, calefação, tomadas de força com entrada USB em todas as poltronas para carregar aparelhos eletrônicos, rádio AM/FM com entrada CD e MP3, aparelho de DVD e oito monitores LCD”, enfatiza o executivo.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Via Urbana, 20 anos contruíndo uma história de sucesso no transporte

Por Fortalbus
A Via Urbana completou 20 anos de atividades no Sistema Integrado de Transporte, ao longo de sua jovialidade, carregando consigo uma sólida história de conquistas e reconhecimento na prestação do serviço de transportar o fortalezense diariamente, sendo uma das empresas de transporte coletivo com maior aceitação entre seus usuários.

Não é a toa, pois nesse curto período de existência já levou importantes prêmios do segmento de transporte urbano a nível regional e nacional, como o certificado de Empresa 100% da Qualidade do Ar e uma das vencedoras do prêmio Great Place To Work, que reconhece as melhores empresas para se trabalhar no Brasil.

Para comemorar marcos tão importantes, a empresa no final de 2014 decidiu renovar sua marca, que é referência em transporte de qualidade. Da primeira logomarca concedida assim que iniciou suas operações, em 1º de julho de 1996, onde se destacam duas setas em formato circular, representando sua filosofia de levar e trazer os usuários com presteza e satisfação, para uma marca que não perde a sua essência, mas que passa a representar o caminho que a Via Urbana trilha, o topo da excelência.

Breve histórico
A Via Urbana, fundada em 1º de julho de 1996, é hoje uma das maiores operadoras do Sistema Integrado de Transporte de Fortaleza, operando com uma frota com mais de 245 veículos. Quando o grupo empresarial Jacob Barata chegou à capital cearense, iniciou a participação no transporte urbano local com a compra da Auto Viação Fortaleza, no começo da década de 1990.

Mais tarde, em 1996, o grupo expandia suas atividades através da compra de parte das linhas da extinta Cialtra e Iracema, nascendo assim a Auto Viação Fortaleza Filial, código 30. Posteriormente em novembro de 1996, passou a se chamar Viação Urbana Ltda, com sede própria.

Guanabara lança vídeo de apresentação do novo serviço Galaxy

Por Fortalbus
O Paradiso G7 1800 Double Decker chegou para inaugurar o novo serviço da Expresso Guanabara, o Galaxy. Os novos veículos possui todo o conforto e segurança presente nos mais modernos ônibus em operação no Brasil, oferecendo para seus clientes um alto padrão de sofisticação e conforto no transporte rodoviário. Diante desta novidade, a Empresa promoveu um vídeo de apresentação deste novo serviço.

O objetivo da Guanabara na aquisição deste tipo de veículo é oferecer conforto e comodidade, proporcionando uma viagem mais agradável e produtiva, nas linhas Fortaleza x Natal e Fortaleza x Recife. Se destacam neste carro, as 12 poltronas extremamente confortáveis tipo leito, que reclinam 150 graus, sendo confeccionadas em couro, com monitor e carregador individuais, além do wi-fi a bordo.

O veículo é equipado com vários itens de conforto, como ar condicionado, geladeira, wi-fi, TV/DVDs, entretenimento, carregadores de celular, entrada de cabos USB, cinto de segurança em todas as poltronas, porta-copo, janelas com vidros colados e película com proteção aos raios do sol.

Confira o vídeo de apresentação do Guanabara Galaxy:

© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados