segunda-feira, 30 de maio de 2016

O Comil Versatile "micrão" da Expresso Rio Jaguaribe

Por Fortalbus
Antes do surgimento das carrocerias do tipo Midi, era comum que algumas empresas encomendassem veículos com chassis em dimensões personalizadas, uns maiores e outros bem menores que o padrão. No caso dos chassis curtos, estes ônibus ficaram conhecidos como “micrões”, e, aqui no Ceará, uma das pioneiras na aquisição desta categoria no segmento rodoviário foi a Expresso Rio Jaguaribe.

Durante a década de 1990, algumas empresas no Ceará tiveram experiências com micro-ônibus, época em que este tipo de veículo se tornava comum nas frotas, pois representava baixo custo operacional em determinadas operações. Diferente do micro-ônibus que tinham chassis projetados para carrocerias específicas, os micrões eram montados sobre chassis de ônibus convencionais, porém, no comprimento próximo de um micro.

As duas unidades, prefixos 520 e 540, chegaram no ano de 1997 à Rio Jaguaribe, ambos modelo Versatile montados sobre chassi Volkswagen 16.180 CO. Apesar do tamanho, transportavam 28 passageiros, sendo equipados com ar condicionado, sanitário, vídeo e geladeira. Outra característica dos micrões da Rio Jaguaribe eram suas janelas coladas, ainda não muito comum entre as empresas cearenses na época.

Entre as vantagens comparando a um micro-ônibus, sua carroceria com largura de 2,50m permitia poltronas mais confortáveis, além do desempenho na dirigibilidade do veículo, pois seu motor concebido para tracionar ônibus com cerca de 12 metros, apresentava melhor desempenho numa carroceria com peso menor.

A Rio Jaguaribe surgiu no final da década de 1970, a partir de linhas transferidas da Expresso Vale do Jaguaribe. Seus veículos operaram no intermunicipal do Ceará até 2005, quando concedeu as linhas Fortaleza x Limoeiro do Norte e Fortaleza x Divisa CE-RN para a Rápido Limoeiro.

domingo, 29 de maio de 2016

Busscar Interbus na frota da São Benedito

Por Fortalbus
O Interbuss foi concebido a partir da necessidade de atender o frotista de operações intermunicipais, e serviços de fretamento. Derivado do Urbanus, o modelo de aplicação semi-rodoviária da Busscar chegou a ilustrar na frota da Empresa São Benedito. Ideal para viagens de curtas distâncias, aliando versatilidade e baixo custo, as unidades que chegaram na São Benedito tinham uma configuração para operar em linhas semi-rodoviário.

Os veículos era equipados com poltronas reclináveis, porta pantográfica, bagageiros e farol de neblina integrado ao para choque. Pensando nisso a Empresa São Benedito, adquiriu dois veículos semi-novos, mas em bom estado de conservação.

Na empresa os veículos tinham chassis Volkswagen 16.180, e receberam os prefixos 120 e 150. Esses ônibus inicialmente operou nas linhas de Pacajus, Cascavel e Chorozinho, mas diante de grandes feriados era possível ver eles operando nas linhas mais longas. 

sábado, 28 de maio de 2016

Santa Terezinha Viagens e seu Campione Vision 4.05 HD

Por Fortalbus
Com sede em Fortaleza, uma das mais conceituadas empresas de transporte de turismo e fretamento do Ceará, a Santa Terezinha, surgiu de um sonho do empresário Milton Bezerra Junior, que durante 20 anos atuou na área de transporte urbano de passageiros, na Transportadora Irmãos Bezerra, de sua família. 

Em fins do ano de 2000, quando as operações urbanas foram repassadas para Expresso Timbira, o empresário resolveu investir em seu próprio negócio, adquirindo um ônibus rodoviário Volvo/Marcopolo e passou a buscar o mercado de turismo e de fretamento, sendo o seu próprio motorista.

O Campione Vision 4.05 HD. Montado sobre o chassi Scania K380, o veículo de prefixo 999, possui um design inteligente, conforto, o Vision HD da Santa Terezinha Viagens é um veículo imponente, garantindo o bem-estar dos passageiros e motoristas. 

Com 48 poltronas semi-leito confortáveis, iluminação adequada e a perfeita climatização do ambiente, o Vision HD une qualidade e tecnologia, possuindo 3 Monitores de TV 14 polegadas, DVD, Toalete, Frigobar, Bebedouro, Som Ambiente Digital, Microfone, Poltronas reclináveis com descanso de pernas e Ar Condicionado.  
Hoje além do Vision HD, a empresa possui vários ônibus executivos rodoviários, específicos para viagens turísticas com 03 eixos e poltronas reclináveis, ônibus leito com 03 eixos, poltronas reclináveis com descanso de pernas, micros executivos e vans, todos com ar-condicionado, WC, frigobar, sistema de som digital com CD, DVD, MP3, microfone e rastreamento via satélite.

Sempre servindo bem seus clientes com rapidez, segurança e eficiência que se tornou uma das características que identificam os serviços da Santa Terezinha Viagens, que têm como denominador comum um trabalho altamente profissional.  A Empresa é especializada em locação de veículos com motorista uniformizado e equipado com celular, que operam ônibus e micro ônibus executivos de última geração.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Volkswagen 6x2 na Expresso Vale do Jaguaribe

Por Fortalbus
Aliando o baixo custo de manutenção do ônibus motor dianteiro e a carroceria alongada através do terceiro eixo, surgiu assim, um Volkswagen trucado entre as empresas de transporte intermunicipal do Ceará. Esta configuração adaptada tornou-se comum em nosso estado ainda no final da década de 1990, logo após o lançamento do chassi 16.210 em 1998.
Carro 198 da Expresso Vale do Jaguaribe em 1998
Com um motor teoricamente mais potente que o seu antecessor lançado em 1993, o 16.210 demonstrava ser um produto aperfeiçoado da marca com pouca tradição no segmento de chassis para ônibus. O Volkswagen 6x2 teve quase todos os seus encarroçamentos com o modelo Campione 3.45 da primeira geração.

Entre as empresas que incorporam este modelo com truck adaptado entre 1998 e a primeira metade dos anos 2000, citamos a Expresso Vale do Jaguaribe, Viação Pernambucana, Santa Terezinha Viagens e Rio Jaguaribe. A maior renovação com este tipo de veículo foi através da Expresso Vale do Jaguaribe, que entre 1998 e 2002 incorporou 09 unidades.

Com os prefixos sequenciais entre 197 e 206, apenas o 203 não era Volkswagen com terceiro eixo adaptado. Outra curiosidade destes veículos é que apenas as duas primeiras unidades 197 e 198, tinham vidros colados. Já os dois últimos, 205 e 206, apresentavam algumas mudanças na carroceria, modificações referentes à primeira atualização do Campione.
Última unidade com reestilização na carroceria

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Destino de viagem: Orós-CE

Por Fortalbus
Localizada a 410 Km de Fortaleza e banhada pelo Açude que leva seu nome, Orós é uma cidade tranquila, de povo bastante hospitaleiro e trabalhador, fundada no final dos anos 50, passou por uma grande tragédia em seu inicio, durante a construção da parede do açude as fortes chuvas vieram a destruí-la, fazendo com que toda a água represada descesse o vale do Jaguaribe abaixo. Em pouco mais de 80 dias, o então Presidente da República Juscelino Kubitschek reconstruiu o açude e o inaugurou, açude que abastece todo o perímetro irrigado do Icó, através de um canal adutor de 12 km de extensão.

Para visitar a cidade de ônibus, a Expresso Guanabara tem um horário diário, saindo da Rodoviária Engenheiro João Thomé em Fortaleza às 13:30, que chega a cidade por volta de 19:30. O ônibus citado tem no destino “Fortaleza – Iguatú via Orós”. Este atendimento “via Orós” se deu graças à recuperação da CE 153, mais conhecida como Estrada do Padre Cícero. No percurso entre Fortaleza e Orós, o ônibus passa pelas cidades de Quixadá, Banabuiú e Solonópole.

A cidade oferece duas opções de Pousada, a Pousada Orós, localizada bem no Centro da cidade, próximo à parada de ônibus e a Pousada Encontro das águas, localizada em uma das ilhas do Açude. Para chegar nas ilhas, é necessário embarcar em um dos barcos que ficam a beira do açude e fazem este transporte, o valor para a travessia é de R$ 2,00.

Além do açude, podemos encontrar na cidade como opção de banho a Correntezinha, o tuninho e a Válvula, um lugar extraordinário e de grande beleza. Para visita, existe a estátua do Juscelino, bem ao lado da parede do Sangradouro, o Porto dos peixes e a Balsa do Totó, que oferece passeios de lancha e barcos além de um delicioso almoço.

Para retornar a Fortaleza, a Expresso Guanabara tem um horário diário, que vem do Iguatú e atende a cidade às 07:00, aos domingos o horário é 15:15 passando por Orós. A chegada em Fortaleza é por volta de 12:30 de segunda à sábado e 20:15 aos domingos. Além desta opção, podemos seguir de transporte alternativo até a cidade de Icó, distante 30 km de Orós e de lá para Fortaleza as opções são maiores, graças aos ônibus que vem de Juazeiro do Norte, Penaforte ou Iguatú.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Terra Luz Transportes e sua preferência pela Caio Induscar

Por Fortalbus
A Terra Luz Transportes, empresa participante do Sistema Integrado de Transportes no consórcio 5, foi fundada em Setembro de 2003, após uma cisão com a Rota Expressa, sua primeira sede era localizada no Bairro de Jangurussu, em 2009 passou a desenvolver suas atividades no Bairro Damas, na antiga garagem da Viação Bons Amigos.

Conhecida por adquirir veículos da marca Caio, indiferente do chassis, a Terra Luz Transporte tem se destacado no setor de transporte de nossa cidade por oferecer novos veículos à população, visando assim prestar com qualidade o serviço que é essencial à população.
A renovação na frota da Terra Luz Transportes Urbanos possui diversos processos que buscam o aprimoramento do transporte coletivo, com foco na melhoria contínua. Sempre de olho nas novas tecnologias para o transporte de passageiros, e a Caio Induscar é uma parceira incondicional nesse processo, que sempre busca garantir a sustentabilidade das operações do transporte coletivo de qualidade, o qual deve atender as necessidades e expectativas de seus usuários.

Histórico da Caio
No dia 19 de dezembro de 1945, a Caio – Companhia Americana Industrial de Ônibus foi fundada e em 20 de maio de 1946, iniciou suas operações. A empresa começou a operar num barracão de 3.120 m² no Brás, em São Paulo. Na época, o quadro de funcionários contava com 120 pessoas. Em 1947, a fábrica estava com sua capacidade total ocupada. No ano seguinte, surgiu a necessidade de construção de uma nova fábrica. O terreno foi comprado, no bairro da Penha, na mesma cidade. A fábrica começou a operar em 1950, com área coberta de 20.508 m², mas foi inaugurada em 1952.

No final dos anos 70 começou a construção da fábrica em Botucatu, interior de São Paulo, pois a fábrica de São Paulo não comportava mais a demanda de produção. O modelo Amélia foi produzido em Botucatu em 1980 e a inauguração da fábrica foi em 82. Toda a linha de montagem foi transferida para Botucatu, que contava com terreno de 280.000 m² e 85.000 m² de área construída. Hoje, a empresa assumida pela Caio Induscar Indústria e Comércio de Carrocerias Ltda. em 2001, conta com cerca de 4000 colaboradores e 101.000 m² de área construída, com uma capacidade de produção é de 40 carrocerias ao dia.

Check-in de viagens de ônibus pode ser feito pela internet

Uma novidade vai facilitar a vida de passageiros de ônibus interestaduais. De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o check-in poderá ser feito pela internet. O projeto apresentado pela empresa Netviagem ao órgão, em Brasília-DF, consiste no uso de uma central de emissão online para a venda de passagens e automação no controle de check-in e embarque direto dos passageiros. A partir do novo benefício, o usuário pode imprimir o cupom de embarque em casa e ir direto para o ônibus, sem precisar procurar o guichê da companhia para retirar a passagem. 

Em todo o Brasil, somente 5% das passagens rodoviárias são vendidas pela internet. Já o modal aéreo tem 90% dos bilhetes vendidos de forma eletrônica. A equiparação entre o transporte rodoviário e aéreo é uma antiga reivindicação dos passageiros, demanda que foi analisada e regulada pela ANTT. 

“A ANTT incentiva a adoção de novas tecnologias de automação para a excelência do transporte terrestre de passageiros, de forma a assegurar a prestação de serviços adequados aos usuários. A novidade está em conformidade com as resoluções da ANTT e com as normas do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz)”, afirma o órgão.
© 2010-2016. Fortalbus Busólogos - Todos os direitos reservados